Volkswagen só venderá carros elétricos na Europa a partir de 2035

1 min de leitura
Imagem de: Volkswagen só venderá carros elétricos na Europa a partir de 2035
Imagem: Volkswagen
Avatar do autor

A tradicional montadora alemã Volkswagen anunciou que vai parar de vender carros com motor de combustão na Europa a partir de 2035. A informação foi confirmada por um membro do conselho de vendas da marca, Klaus Zellmer, em entrevista para a agência de notícias Reuters.

No lugar, a companhia vai focar apenas em automóveis elétricos. Neste período de transição, o objetivo é que a modalidade já seja responsável por 70% das vendas da marca no continente — algo possível graças não só às mudanças promovidas, mas também políticas locais e subsídios de governos.

Após a mudança na Europa, os próximos territórios a pararem de ter motores a combustão serão Estados Unidos e China, mas sem um prazo concreto.

Klaus Zellmer.Klaus Zellmer.Fonte:  Volkswagen 

Em seguida, será a vez de África e América do Sul, vistos como locais mais complicados por condições de infraestrutura e políticas ainda precárias. Até 2050, toda a frota da Volkswagen deve ser de zero emissões.

Passos curtos

A Volkswagen tem realizado algumas alterações para fortalecer a própria indústria de carros elétricos. Em Wolfsburg, a companhia vai transformar uma planta na "maior fábrica de elétricos do mundo", tendo ainda um plano em andamento para reduzir o preço desses automóveis. A montadora já confirmou também que não fabricará novos motores que rodam a partir de combustíveis fósseis.

Recentemente, a marca ainda se envolveu em uma polêmica ao ter anunciado a mudança de nome para "Voltswagen" nos EUA — uma brincadeira de 1º de abril feita cedo demais e que não repercutiu bem.

Fontes

Volkswagen só venderá carros elétricos na Europa a partir de 2035