Gasolina com dias contados: VW não criará novos motores à combustão

1 min de leitura
Imagem de: Gasolina com dias contados: VW não criará novos motores à combustão
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

A Volkswagen anunciou, no último domingo (21), que não desenvolverá novos motores à combustão. De acordo com a companhia, os componentes que estão no mercado serão atualizadas para atender aos padrões de emissão de poluentes dos países de modo a equipar os carros da marca que ainda não migraram o padrão 100% elétrico.

O CEO da empresa, Ralf Brandstaetter, disse em entrevista à Automobilwoche que “não espera” que os motores que utilizam combustíveis a base de petróleo sejam lançados novamente pela marca.

"Ainda precisamos deles por um certo tempo e eles devem ser o mais eficiente possível", argumentou em relação aos equipamentos à combustão que já estão no mercado.

Volkswagen

Ele disse, ainda, que a expectativa é que os veículos elétricos representem mais de 70% das vendas da montadora até 2030. Especificamente nos Estados Unidos e China, a intenção é que a marca tenha um market share (fatia do mercado) de 50% em 9 anos.

A decisão acompanha um anúncio recente de uma subsidiária da empresa alemã. Na semana passada, o CEO da Audi, Markus Duesmann, havia dito que a companhia pararia de desenvolver os produtos. Sem especificar uma data, Duesmann falou na verdade que os “clientes vão decidir quando o último motor à combustão sairá da linha de produção”.

Ele ainda defendeu que trabalhar com as peças existentes será um grande desafio e criticou levemente as leis europeias que obrigam as empresas a se tornarem mais sustentáveis.