Ações da Intel afundam 18% após atraso de chips em 7 nm

1 min de leitura
Imagem de: Ações da Intel afundam 18% após atraso de chips em 7 nm
Imagem: https://pixabay.com/pt/illustrations/bolsa-de-valores-economia-mundial-4785080/
Avatar do autor

Após anunciar que o cronograma de lançamento de seus processadores em 7 nm sofreu um novo atraso de seis meses, as ações da Intel iniciaram o pregão desta sexta-feira (24) em queda de 18%.

A Intel falou sobre o atraso ontem (quinta-feira, 23), durante a apresentação de seus resultados financeiros para o segundo trimestre de 2020. Felizmente, os ganhos conseguiram superar as expectativas de Wall Street.

Terceiro trimestre mais modesto

No entanto, hoje pela manhã, o valor por ação caiu para US$ 49,50 (baixa máxima de 18%). Além disso, a companhia fez uma estimativa de receita para o terceiro trimestre, que é inferior ao que os analistas previam.

O novo esboço da Intel para o terceiro trimestre prevê lucro por ação ajustado em US$ 1,10 e receita total de US$ 18,2 bilhões. Os analistas tinham estimativas ligeiramente superiores antes do anúncio do atraso dos chips em 7 nm. Além do mais, a Intel havia divulgado um plano para o lançamento de novas tecnologias que também está atrasado.

Para completar a “safra” de pessimismo, recentemente, a Apple abandonou os chips Intel, trocando-os por soluções ARM.

No momento, as ações da Intel estão em queda de 15,06%. (Fonte: NASDAQ: INTC/Reprodução)No momento, as ações da Intel estão em queda de 15,06%. (Fonte: NASDAQ: INTC/Reprodução)Fonte:  NASDAQ: INTC 

Na situação atual, o atraso do cronograma dos chips em 7 nm já soma 12 meses, o que empurra o provável lançamento desses processadores para o final de 2022 ou início de 2023.

Apesar da queda de hoje, as ações da Intel acumularam alta de 1% neste ano, até o encerramento do pregão de quinta-feira.

Enquanto isso, do lado vermelho da força...

Se as ações da Intel – o time azul – iniciaram a sexta-feira em queda, por outro lado, as ações da Advanced Micro Devices (AMD) – o time vermelho – começaram o pregão com alta de 12%.

No mês passado, a companhia anunciou os novos chips Ryzen da série 3000XT. Na terça-feira (21), foi a vez da empresa anunciar suas novas APUs Ryzen 4000G. E, segundo rumores, os novos chips Ryzen 4000 para desktops devem ser anunciados em setembro.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.