A operadora japonesa Ymobile anunciou nesta quarta-feira (22) que vai adiar o lançamento do smartphone Huawei P30 Lite no país. O motivo você já deve imaginar qual é: o fim das relações entre Google e Huawei, que resultou no fim do suporte futuro do Android aos aparelhos da fabricante.

Segundo a Reuters, o início das vendas do aparelho seria a partir da semana passada, mas a operadora resolveu aguardar para ver se as restrições impostas pelos Estados Unidos vão afetar o produto — incluindo se ela está ou não autorizada a colocá-lo nas lojas.

Problemas

O mesmo aconteceu com a KDDI Corp, também japonesa, que também deveria vender o P30 Lite. Já a NTT DoCoMo, a maior do país no setor, ainda estuda congelar ou não a comercialização do Huawei P30 Pro. No Brasil, os modelos continuam à venda normalmente e a empresa garantiu que pós-venda e suporte de segurança continuam normalmente. 

A briga entre Huawei e Google — e que se prolongou para outras empresas, como Qualcomm, Intel e mais recentemente a ARM — ainda deve ter novos desdobramentos a nível mundial, então operadoras de outros países que ainda não lançaram produtos da fabricante devem aguardar ainda mais para fazer o próximo movimento.