Não há dúvidas de que a Apple investiu tempo, esforço e muito dinheiro na construção do seu novo campus que lembra uma espaçonave. A Maçã injetou US$ 5 bilhões nesse projeto que, aos olhos da empresa, seria o sonho de muitos funcionários, mas parece que nem todos estão concordando com isso.

A princípio, o plano da Apple era fazer desse lugar uma área na qual os seus 12 mil funcionários pudessem conviver em um ambiente colaborativo e serem mais produtivos, além de terem espaço para andar, conversar e se conectarem de uma forma geral. Entretanto, parece que não é bem isso que está acontecendo por lá.

Em um episódio de seu podcast The Talk Show, o jornalista John Gruber revelou informações referentes ao sentimento de alguns funcionários da empresa. Um exemplo é o de Johny Srouji, vice-presidente de tecnologia da Maçã, que não ficou nem um pouco contente ao observar a planta do projeto (que, aliás, conta com três mil painéis curvos de vidro e funciona com energia totalmente renovável).

Novo campus da Apple: bom no papel, ruim na prática (para alguns)

“Quando ele viu o projeto, disse coisas mais ou menos como ‘f***-se isso, f***-se você, isso é uma m***’. E eles construíram um prédio próprio para o time dele ao lado do campus. Então eles sequer estão lá dentro – eles não estão apenas se opondo aos planos de uma área aberta, mas o time de Srouji está em seu próprio prédio. E talvez internamente eles estão dizendo isso por questões de segurança ou há uma razão lógica para tal, mas eu acredito que isso foi mais porque Srouji adotou uma postura do tipo “dane-se, meu time não vai trabalhar desse jeito’”, informou Gruber em seu podcast.

Eles não estão apenas se opondo aos planos de uma área aberta, mas o time de Srouji está em seu próprio prédio

O jornalista ainda menciona que há uma chance de que talvez tudo isso não seja real por ter sido repassado por terceiros, mas que a informação “pode ser facilmente verificada, porque, se for verdade, as pessoas saberão disso”.

E não foi só ele

Curiosamente, surgiram na rede outros relatos de pessoas que aparentemente não ficaram muito felizes com essa decisão. Em um artigo publicado no The Wall Street Journal, houve a menção de membros do time de programação também estavam preocupados com os arredores do ambiente de trabalho serem barulhentos e propensos a provocar distrações para aqueles que precisam se concentrar um pouco mais.

Cupons de desconto TecMundo: