Desde pelo menos meados de 2014, temos visto um pouco do que a Apple pretende fazer com a construção de seu mais novo quartel-general, também localizado na cidade de Cupertino, nos EUA. Nesse período algumas filmagens feitas por drones mostraram o complexo de prédios da empresa da Maçã – carinhosamente apelidado de Apple Campus 2 – ganhando forma e ficando mais perto do aspecto de “nave espacial” idealizado pelos engenheiros e arquitetos da casa. Um novo vídeo, no entanto, leva esse conceito para outro patamar.

Até agora, as gravações aéreas traziam apenas uma ideia do estado da estrutura gigantesca e de seus arredores no momento da captura das imagens, fazendo com que você precisasse rever outros clipes para conferir quais pontos tiveram uma boa evolução nesse tempo e quais outros ainda precisavam de mais atenção e mão de obra. Agora, com as obras mais avançadas – ainda que estejam bem longe de estarem completadas –, a nova produção condensa seis meses de trabalho em pouco menos de quatro minutos de vídeo.

As mudanças são bem grande em alguns pontos

Publicado no YouTube na última sexta-feira (16), o clipe faz uma espécie de viagem rápida no tempo ao compilar os avanços na construção desde julho deste ano até o mês de dezembro. O melhor? Focando em cada um dos principais pontos do campus. Isso significa que é possível dar uma olhadinha tanto no edifício principal – e circular – do local, ver como o auditório que deve apresentar futuros iPhones está ficando e bisbilhotar mais uma dezena de pontos de interesse do projeto – de academias e túneis de acesso ao visual do estacionamento massivo.

Acredite, a alta resolução se faz necessária a cada novo vídeo

Claro que o material está todo em 4K, permitindo que você possa enxergar sem muita dificuldade a maravilha arquitetônica planejada pela Apple em sua cidade natal. E acredite, a alta resolução se faz necessária a cada novo vídeo, uma vez que o número de detalhes nesse campus é absurdo. Pudera, já que plantações de alimentos orgânicos, estradas ligando um prédio ao outro, centros de treinamento e um conjunto de milhares de painéis solares dividem espaço em um terreno de cerca de 260 mil metros quadrados.

Como é possível ver acima, a escala avantajada da obra, os 5 megawatts de energia gerados pelos captadores solares e toda a tecnologia e grana investida no local devem se tornar um marco na história da marca. Adicionalmente, a nova casa deve abrigar diariamente nada menos que 13 mil funcionários da companhia e receber com bastante conforto parceiros, amigos e imprensa para futuros eventos. A ideia é que o Apple Campus 2 seja inaugurado em algum ponto de 2017, possivelmente a tempo do anúncio do aguardado iPhone 8.

Cupons de desconto TecMundo: