A espera pelo novo flagship acabou! Depois de um longo período de espera, a LG finalmente revelou todos os detalhes de seu novo smartphone top de linha: o LG G4. Este smartphone foi apresentado aos consumidores e à imprensa nesta terça-feira (28 de abril) e trouxe alguns novos recursos bem interessantes para os apaixonados pelos dispositivos da empresa sul-coreana.

Se você esperava apenas uma pequena alteração no hardware do aparelho — como aconteceu com o Sony Xperia Z4 —, certamente foi surpreendido pela LG. O novo G4 introduziu uma série de recursos diferentes e que podem fazer com que muitos consumidores olhem para ele com mais carinho. Isso vai desde a interface até novidades incríveis para a câmera integrada ao smartphone.

Pois é, o grande destaque deste lançamento fica mesmo com os novos recursos de captura de imagens, que prometem esquentar o mercado novamente. Confira agora mesmo tudo o que foi mostrado pela LG e descubra se o LG G4 vai se tornar o seu dispositivo favorito para este ano.

Hardware

Uma grande surpresa foi vista quando os recursos de hardware presentes no G4 foram apresentados pela fabricante. O processador que equipará o aparelho é um Qualcomm Snapdragon, mas ao contrário do que se esperava o modelo utilizado é o 808 hexa-core — que conta com arquitetura ARM Cortex-A57 e apresenta clock máximo de 1,8 GHz —, um pouco inferior a chips usados pelos principais rivais.

É preciso falar também sobre o chip de vídeo Adreno 418 (da mesma Qualcomm). Ele possui processos de fabricação de 20 nanômetros e clock de 600 MHz, o que o pode garantir desempenho bem satisfatório. Vale lembrar que o Adreno 430 visto em chipsets mais potentes da fabricante oferece o mesmo clock, mas quase o dobro dos cálculos do modelo usado pelo G4.

Nos quesitos relacionados à memória, o LG G4 se mostra bem contundente. O aparelho surge com 3 GB de RAM para garantir um ótimo resultado nos processos multitarefas, tendo ainda 32 GB para o armazenamento interno — que pode ser expandido para mais 2 TB com o uso de cartões de memória microSD, o que representa muito espaço para o salvamento de dados, aplicativos e documentos.

Bateria

É importante falar também da bateria presente no LG G4. Ela possui 3.000 mAh e deve garantir muitas horas de funcionamento contínuo para os consumidores. Mas o grande trunfo está nos recursos de recarga dela. Além da compatibilidade com as cargas sem fio Qi, também existe um sistema Quick Charge 2.0, que permite a recarga de 60% da bateria em apenas 30 minutos. Assim como no modelo anterior, a bateria do G4 é removível e pode ser trocada rapidamente.

Como o processador Snapdragon 808 foi otimizado, espera-se que o G4 seja mais econômico para ter mais autonomia. Além disso, também há a presença de recursos na interface que vieram para contribuir nisso. Com notificações de aplicativos que consomem mais do que o normal e uma certificação Power Save, a LG espera oferecer mais de um dia de bateria com apenas uma carga.

Tela Quantum IPS

O LG G4 surge com tela de 5,5 polegadas e tecnologia Quantum IPS, que vem sendo prometida como uma revolução para os aparelhos da empresa coreana. O brilho obtido por um display com esse novo padrão é 25% superior aos anteriores da própria LG e o contraste é até 50% mais eficiente, sendo que a paleta de cores se torna 56% mais ampla — o que garante imagens bem mais vivas sendo geradas pelo smartphone.

De acordo com a fabricante, isso tudo é conseguido graças ao modo como a tela é fabricada. Em comparação com telas quânticas comuns, a Quantum IPS elimina camadas do display e permite que mais luz passe pelas estruturas, com menos energia demandada.

Assim como no G3, o display do G4 tem resolução Quad HD (2560x1440 pixels), garantindo uma ótima visualização dos conteúdos. Espera-se que no display Quantum, essas resoluções passem a representar menor consumo de energia do que o visto anteriormente — algo que foi bem criticado pelos consumidores ao longo dos últimos meses.

Mudanças no design

Não existem diferenças drásticas entre o design do LG G4 e o da geração anterior, mas isso não significa que ele seja 100% igual ao G3. Com bordas mais espessas e uma leve curvatura na parte traseira (chamada de Slim Arc), o G4 promete um pouco mais de sobriedade para os consumidores. A empresa também garante que isso gera mais segurança e conforto na utilização, pois ela se torna mais ergonômica.

Uma diferença bem evidente está na parte traseira do smartphone, que agora pode ser comprado com acabamentos bem diferentes. Muito elegante, o G4 pode ser encontrado nas versões "Couro Legítimo" ou com tampas metálicas ou cerâmicas. Importante deixar claro que isso não influencia na espessura do aparelho, que possui apenas 0,98 cm.

A LG informa que foram necessárias 12 semanas de trabalho para fazer com que o acabamento em couro fosse concebido da melhor maneira. A fabricante ainda afirma que o couro utilizado permite que cada aparelho se torne único, uma vez que a utilização pode gerar características próprias a ele.

Nova interface LG UX4.0

Como já era de se esperar, o LG G4 surge no mercado com o sistema operacional Android 5.1 Lollipop, mas ele chegará com a interface UX4.0. No aspecto visual, não existem muitas diferenças em relação ao que se via anteriormente, mas ainda assim se vê que ele agora usa cores mais sólidas e condizentes com o sistema da Google. Em relação aos recursos, as poucas as novidades são voltadas ao “antropocentrismo” do SO.

Imagem não oficial

A partir de agora, o sistema da LG passa a oferecer um sistema chamado Smart Board, que reúne informações de calendários, músicas e apps de saúde e fitness — tudo isso em um widget central e dedicado aos dados desse tipo. Também é interessante mencionar o Smart Alert, que traz notificações mais semânticas e baseadas nos gostos pessoais e individuais para a tela dos consumidores.

Foram apresentadas também novidades para a galeria de imagens, que agora pode separar todas as fotografias de acordo com o local em que foram capturadas ou com as pessoas marcadas. Mais do que isso, a nova interface também pode identificar aplicativos que estão drenando a bateria e informar isso para os consumidores. Com isso, a LG garante que a UX4.0 permite uma maior economia para todos.

Câmera LaserCam f/1.8

Para quem acompanha rumores e notícias relacionadas à LG, isso não chega a ser uma novidade. A empresa revelou que o LG G4 vai mesmo ter uma câmera digital integrada de 16 megapixels e com capacidades bem superiores às vistas em outros modelos. O principal recurso a ser apresentado está na abertura f/1.8, que promete mais nitidez e iluminação para as fotografias.

O valor de f/1.8 é interessante por uma questão bem simples. Quanto menor for o valor de "f", maior é a abertura da lente e mais luz passa por essa região em menos tempo. Precisando ficar exposto por um período menor, o sensor consegue registrar as imagens com mais estabilidade. Em resumo: a câmera integrada ao LG G4 é veloz e captura fotos com mais nitidez e iluminação — 80% mais do que uma câmera com abertura f/2.4.

Outros detalhes bem interessantes estão presentes. A câmera do G3 utiliza um foco automático a laser para fazer com que a lente se ajuste com muita velocidade às diferentes distâncias entre alguns objetos — o que representa muita agilidade na troca de foco em situações em que há movimento ou várias distâncias no mesmo cenário. São apenas 0,276 segundos para a focalização.

O flash dual-tone presente também merece ser mencionado, pois ele garante mais fidelidade às cores e menos reflexos na pele das pessoas que estão sendo fotografadas. Por fim, o LG G4 também ganha pontos por trazer a estabilização óptica de três eixos para sua câmera traseira — a OIS 2.0. Isso significa muito mais estabilidade nas filmagens, mesmo quando o próprio celular estiver sendo balançado.

Ajustes profissionais

Com o LG G4, ninguém precisa ter as imagens limitadas às configurações padrão. Ele permite que qualquer usuário faça ajustes para que as imagens tenham o resultado que eles quiserem, graças a uma série de opções profissionais. É possível escolher o tempo em que o obturador ficará aberto, assim como a configuração do balanço de branco e dos espectros de cores.

Mais do que isso, o LG G4 traz uma opção muito interessante para quem gosta de arquivos sem compressão. O aparelho permite que as fotografias capturadas sejam salvas no formato RAW para que sejam editadas em computadores depois. Tudo isso sem qualquer compressão ou perda de qualidade.

Câmera frontal: as selfies também estão aqui

Além de todos os recursos vistos na câmera traseira, o LG G4 também traz uma câmera frontal bem avançada. Ela possui nada menos do que 8 megapixels de resolução máxima e ainda traz um incrível recurso chamado QuickSelfie. Por meio de gestos, é possível ativar o sensor e fazer com que as capturas sejam feitas rapidamente e sem a necessidade de toques na tela ou de programações de timer.

Preço e data de lançamento

A LG informou que o G4 começará a ser vendido dos Estados Unidos e em alguns outros mercados preferenciais nos próximos meses, sendo que o Brasil também deve ser atendido ainda no primeiro semestre. Não existem informações sobre os preços que serão cobrados pela LG.

.....

Será que o LG G4 vai se tornar o seu smartphone favorito de 2015? É certo que ele vai figurar entre os aparelhos mais vendidos do ano, mas ainda é cedo para dizer como ele vai se comportar em relação ao Galaxy S6 da Samsung — que vem sendo considerado como a melhor inovação da Samsung em anos. Resta saber se o novo G4 vai conseguir repetir o feito do LG G2 e se tornar um dos melhores do mercado em desempenho.

Cupons de desconto TecMundo: