O iPad Air 2 e o iPad Mini 3 chegaram oficialmente ao Brasil, e essa pode ser a chance de muita gente comprar um tablet. Enquanto um é o mais fino do mercado e o hardware mais poderoso de um gadget da Apple, o outro é menor e recebeu uma resolução de tela aprimorada com mais ppi (pixels por polegada).

Porém, o fator preço faz a diferença, e você pode escolher por comprar um tablet das gerações antigas. Novos ou usados, eles normalmente saem mais em conta do que os atuais. Só há um problema — na verdade, mais de 50 problemas, já que são muitas as combinações diferentes que podem ser feitas com os modelos do tablet já lançados.

Com tantas opções e com essa quantidade de dinheiro em jogo, é natural que você fique em dúvida sobre qual modelo comprar. Arrependimentos podem custar caro, e é preciso olhar atentamente para todas as variáveis antes de tomar uma decisão. Fatores que você nem imaginava que fariam a diferença podem mudar totalmente a sua experiência de uso — e o TecMundo ajuda você nessa empreitada, analisando cada tópico e possibilidade. No fim das contas, até quem não estava interessado em comprar um iPad pode começar a pensar no assunto.

Tamanho

Essa é a questão mais simples de todas, afinal são dois os tamanhos disponibilizados pela Apple. Há o modelo tradicional de iPad, que tem 9,7” desde a primeira edição, e o Mini, que mantém os 7,9”em suas três versões. A escolha deve ser feita com base nas suas necessidades: o maior exibe mais detalhes no vasto display e garante mais espaço aos aspectos visuais de jogos, editores, páginas da internet e arquivos de texto. Ainda assim, tenha certeza de ter onde carregá-lo, seja em uma mochila ou em um case, já que o aparelho chama bastante atenção.

Apesar do nome, o Mini não chega a ser um gadget que pode ser levado no bolso. Ele é visivelmente maior e mais largo que um iPhone 6 Plus, por exemplo, e tem uma tela que, embora reduzida, serve normalmente para tarefas como reprodução de vídeos e jogos – especialmente se você ficar com ele nas mãos, não muito longe dos olhos. A espessura diminuiu bastante com o tempo.

O peso também deve ser levado em conta. Os quatro primeiros modelos de iPad têm cerca de 600 g, quase o dobro em relação a qualquer versão Mini. A diferença caiu nas atualizações seguintes (Air e Air 2, com peso aproximado de 400 g), mas ela ainda existe – e isso pode ser decisivo se você passar muito tempo segurando o tablet com uma ou com as duas mãos.

  • 9,7”: iPad, iPad 2, iPad 3, iPad 4, iPad Air e Air 2
  • 7,9": iPad Mini, iPad Mini 2 e iPad Mini 3

Resolução da tela

Tão importante quanto o tamanho, a resolução da tela e o número de pixels por polegada definem o detalhamento dos elementos que você vê no display. A resolução em si não é tudo, mas importa: ela indica a quantidade de pixels exibidos, independentemente do tamanho do display.

A quantidade de pixels por polegada é o que o nome sugere, indicando quantos pixels cabem em uma unidade de medida – e isso impacta na definição das imagens, já que um ppi elevado permite que resoluções maiores sejam suportadas em telas menores. Há quem diga que as definições do iPad Mini 3 já são exageradas demais para serem percebidas em relação ao modelo anterior.

A tela com tecnologia Retina Display realmente faz a diferença na exibição de imagens, cortando a reflexão do painel e protegendo a superfície contra marcas de dedo e arranhões. Os ângulos de visão são aprimorados (mais pessoas podem ver o conteúdo sem perder detalhes), a qualidade da tela ficou superior para visualizar conteúdos e ela é mais resistente a pancadas e arranhões.

  • 2048x1536 pixels e 326 ppi: iPad Mini 2 e iPad Mini 3
  • 2048x1536 pixels e 264 ppi: iPad 3, iPad 4, iPad Air e iPad Air 2
  • 1024x768 pixels e 163 ppi: iPad, iPad 2, iPad Mini
  • Com Retina Display: iPad 3, iPad 4, iPad Air, iPad Air 2, iPad Mini 2, iPad Mini 3
  • Sem Retina Display: iPad, iPad 2, iPad Mini

Capacidade

"Nossa, mas eu nunca vou usar todo o espaço do meu iPad!" é um comentário comum. A cada ano que passa, entretanto, isso fica mais perto de ser uma mentira. Caso você seja um usuário casual, que tenha o tablet só para leitura e navegação na internet, é possível que as duas alternativas de menor capacidade sejam o suficiente. Tenha em mente, entretanto, que você provavelmente vai usar o tablet durante um bom tempo e que ele só tende a ficar mais carregado. A quantidade de aplicativos instalados (e o espaço ocupado por eles) cresce exponencialmente e, quando você menos perceber, já usou grande parte da memória disponível.

Além disso, o iPad pode servir também como uma central multimídia para reproduzir, criar ou editar conteúdos como filmes e músicas — e, nesses casos, não é seguro optar pela versão de 16 GB. Mas não precisa ir para o extremo oposto: os modelos de 128 GB podem ser exagerados demais (além de bem mais caros).

  • 16 GB: todas as versões
  • 32 GB: iPad, iPad 2, iPad 3, iPad 4, iPad Air e iPad Mini
  • 64 GB: todas as versões
  • 128 GB: iPad 4, iPad Air, iPad Air 2, iPad Mini 2 e iPad Mini 3

Processador

Quanto melhor o processador, melhor o desempenho gráfico de jogos e a fluidez com que apps mais novos e poderosos funcionam. A dinâmica do sistema operacional também depende do chip. Se você vai utilizá-lo para funções mais casuais, não precisa comprar o top de linha – mas cuidado para não levar um modelo já ultrapassado.

A variação é bem alta, mas todos os modelos de iPad Mini são garantia de bom desempenho com o que está em alta no mercado. Caso você queira mais economia sem comprar um tablet ultrapassado, é bom saber que o desempenho do A6X é 15% maior que o do A5X – e, em alguns casos, essa diferença chega a 65%.

  • A8x dual-core de 1,3 GHz: iPad Air 2
  • A7 dual-core de 1,3 GHz: iPad Air, iPad Mini 2, iPad Mini 3
  • A6X dual-core de 1,4 GHz: iPad 4
  • A5X dual-core de 1 GHz: iPad 3
  • A5 dual-core de 1 GHz: iPad 2, iPad Mini
  • A4 de 1 GHz: iPad

Memória RAM

A questão é a mesma do processador: quanto mais memória, melhor ela suporta as funções do aparelho e faz com que tudo rode de forma mais fluida – o sistema operacional depende bastante desse fator.

É recomendável, portanto, que você deixe o primeiro modelo de lado e só leve uma versão com 512 MB se a oferta for mesmo imperdível. Vale lembrar que o iPad parece estagnado no 1 GB de RAM, mas esse segredo já foi ao menos explicado pelo TecMundo anteriormente.

  • 2 GB: iPad Air 2
  • 1 GB: iPad 3, iPad 4, iPad Air, iPad Mini 2 e iPad Mini 3
  • 512 MB: iPad 2, iPad Mini
  • 256 MB: iPad

Câmera

Muita gente acha que tirar foto com o iPad é brega ou esquisito, por conta do tamanho exagerado do tablet e do destaque que ele recebe quando é erguido em meio a uma multidão. Ainda assim, ele possui câmeras digitais que podem ser usadas e variam bastante entre si.

A câmera traseira foi constantemente melhorada e, no iPad Air 2, ganhou um hardware poderoso e novos recursos – mas isso só importa se você realmente precisar fotografar com ele. A outra câmera também depende do uso que você fará do tablet: a partir do iPad de quarta geração e de qualquer iPad Mini, o sensor frontal deixa de ser VGA e passa a ser de boa qualidade para a realização de videoconferências.

  • Sem câmera: iPad
  • 0,7 MP e VGA: iPad 2
  • 5 MP e VGA: iPad 3
  • 5 MP e 1,2 MP: iPad 4, iPad Air, iPad Mini, iPad Mini 2 e iPad Mini 3
  • 8 MP e 1,2 MP: iPad Air 2

Internet

Não esnobe o 3G ou o 4G no iPad: vários jogos e apps recentes exigem alguma conexão com a internet para funcionar. Serviços de streaming de vídeos e músicas também só funcionam online, e alguns serviços na nuvem podem não exibir corretamente arquivos atualizados quando você está offline. Por outro lado, se você vai usá-lo só em casa ou no trabalho sob uma rotina constante e com WiFi garantido, não pense duas vezes e pegue o modelo somente com banda larga sem fio.

Se você optar pela rede móvel, fique atento ao modelo, já que nem todos aqueles comprados no exterior funcionarão com planos de dados do Brasil – o primeiro iPad Mini e o iPad 3, por exemplo, não têm o 4G suportado pelas frequências brasileiras. Além disso, somente a partir do iPad 3 é que essa conexão mais rápida passou a ser suportada. O preço também faz bastante diferença aqui: no site da Apple, a diferença entre o iPad Air 2 de 16 GB só com WiFi (R$ 2.079) e WiFi + rede móvel (R$ 2.449) é notável.

Sistema operacional

Essa questão é simples, já que só o modelo mais antigo de iPad não recebeu a atualização — embora donos do iPad 2 reclamem que o aparelho apresentou travamentos com o iOS 8. De qualquer forma, para responder a essa questão, avalie se você gosta ou não das novidades do iOS 8. Você pode instalar teclados terceirizados, compartilhar arquivos rapidamente com outros aparelhos Apple e usar apps otimizados para o sistema operacional.

  • Com iOS 8: iPad 2, iPad 3, iPad 4, iPad Air, iPad Air 2, iPad mini, iPad mini 2, iPad mini 3
  • Sem iOS 8: iPad

Cor

Esse aspecto é um dos menos relevantes, já que não impacta no preço (ao menos na loja da Apple) ou no desempenho do hardware, mas nem por isso deve ser deixado de lado. Primeiramente, há a questão estética: assim como em qualquer produto, escolha o modelo que mais agrada aos seus olhos.

A versão clara apresenta uma pequena borda da cor branca no display, o que pode distrair muita gente — se bem que a maioria dos usuários nem chega a notar esse detalhe. Caso você use o tablet bastante para vídeos e streaming de filmes, talvez seja mais seguro optar pelo iPad "cor de televisão", ou seja, o preto. Da mesma forma, navegar em páginas parece uma experiência mais imersiva no modelo branco.

Além disso, o iPad na cor preta exibe arranhões e outras falhas mais facilmente, mas as versões branca e dourada apresentam descoloração com o tempo, como se ficassem desbotadas. Isso só deve ser notado com um ano ou mais de uso constante.

  • Branco/Prateado: todas as versões
  • Preto/Cinza espacial: todas as versões
  • Dourado: iPad Air 2 e iPad Mini 3

Funções extras

Entre as especificidades dos tablets, duas se destacam como fatores que podem fazer você comprar as versões mais recentes. A tecnologia Touch ID, que é o desbloqueio de tela e de apps por um sensor biométrico, estreou no iPad Air 2 e no iPad Mini 3. O Apple Pay, que não funciona no Brasil, também existe somente nesses dispositivos.

...

Resumindo, fique atento ao seu bolso e ao uso que você vai fazer do tablet. Pequenas diferenças nas especificações técnicas podem não fazer a diferença para alguns, mas podem ser cruciais para quem deseja uma experiência aprimorada. Parece complicado, mas é só escolher a sua preferência em cada uma das categorias acima, conferir o resultado mais próximo e ir às compras.

Ilustrações por André Tachibana.

Cupons de desconto TecMundo: