O pessoal do Baixaki está espantado com a quantidade de sugestões de nomes que vocês, leitores, enviaram! Foram 893 comentários e mais de mil nomes para a nova série de artigos do Portal! O número foi grande, mas todos os comentários foram lidos, relidos e analisados. No entanto, conforme o combinado, apenas um foi escolhido: Erro 404.

Com este resultado, o ganhador da caneca é Mateus H. Calza. Parabéns! Vale mencionar que outros usuários sugeriram o mesmo nome, porém, Mateus foi o primeiro deles - justo, não?

A disputa foi acirradíssima e tivemos centenas de nomes criativos e bastante diferentes. Sendo assim, não poderíamos desperdiçar tanta imaginação e vontade de ganhar a caneca. Criamos, portanto, uma lista com as quinze sugestões de nome mais engraçadas que recebemos.

TOP 15

1 - BaixatchinOs mais engraçados
2 - BaixaRIA
3 - Capivaras Pub
4 - Play Boyxaki
5 - Não há o que não haja
6 - NoZebraEnroscadaNaCercaNetwork
7 - Enquanto o Nibiru não chega...
8 - NO stres YES diversion
9 - Até pai de santo Baixaki....
10 - 20FazerRiR, 70Resistir?
11 - UATARRÉL?!
12 - Baixaki With Lasers
13 - ALFA-BETA-GAMA-AKI
14 - Point dos Manolos
15 - CanecaKi

Fácil de lembar, conhecido por todos e divertido, Erro 404 foi o nome que melhor se encaixou às propostas dos artigos. A intenção é trazer temas novos, descolados e engraçados, sem deixar de lado a tecnologia e os downloads. Começa hoje o Error 404 que traz os artigos mais insanos que você já viu por aKi!

O ataque dos zumbis

CérebrozZZzzzzzZz! Eles se movem lentamente pelas ruas semi-desertas, infestando a cidade com seu odor pútrido, em busca de cérebros para o jantar. Os zumbis encantam (ou amedrontam) as pessoas desde o começo do século XX, época em que os primeiros filmes sobre o assunto foram lançados.

Epidemias, feitiçaria ou substâncias radioativas e químicas podem reanimar cadáveres e os mortos-vivos começam sua revolução, ataque ou carnificina - chame do que quiser.

Arranque a cabeça!

Crédito: NerdStore

Geralmente em estado de putrefação - afinal, eles estavam mortos! -, os zumbis são representados como figuras lentas, mas muito fortes. Seus corpos não reagem à dor e resistem a qualquer ferimento, exceto à decapitação.

Eles se escondem da luz e se alimentam de carne humana - principalmente de cérebros. De acordo com a cultura popular, os mortos-vivos se multiplicam como uma praga, pois, quando uma pessoa é mordida por um deles, ela se transforma em um zumbi!

NInguém está a salvo.

Cena do jogo Dead Rising

Antes de fazer sucesso nos cinemas, os zumbis já faziam parte do folclore afro-haitiano. Reza a lenda que, amparados pela religião vodu, sacerdotes davam vida a cadáveres, que perambulavam inconsciêntes e calmos. A história dos mortos-vivos era tamanha, que o Haiti chegou a criar uma lei que proibia a criação de zumbis em território nacional!

Miolos e calculadoras

Lenda urbana e folclore à parte, os mortos-vivos invadiram os laboratórios. Os cientistas da Carleton University e da Universidade de Ottawa, no Canadá, levaram os zumbis a sério e decidiram calcular qual a chance que a humanidade tem de escapar de um ataque.

A humanidade está em apuros!

Foi levado em consideração o estilo de zumbis representados em filmes como A Noite dos Mortos Vivos. Isso envolve a alimentação a base de cérebros e transformação de humanos em zumbis a partir de mordidas. O período de "zumbificação" de um humano, que dura cerca de 24 horas, e possíveis curas também entraram na equação. Contas e variantes depois, o resultado: estamos fritos!

A pesquisa foi desenvolvida com base em muito filme e vídeo game. No entanto, os cientistas garantem: o mesmo padrão da dominação zumbi poderia ser visto em cenários epidêmicos, como o da gripe H1N1 - já foi tomar a sua vacina? - Confira a pesquisa na íntegra e em inglês.

Em caso de ataque...

É sexta-feira à noite, você está lendo o Erro 404 no Baixaki e assistindo ao jornal. A bolsa de valores está em baixa, seu time perdeu de novo e... o que é isso?

Um zumbi invadiu o estúdio? O âncora do jornal foi atacado? As luzes da rua inteira apagam e um cheiro podre invade as suas narinas. Da janela, você percebe um grupo de cadáveres-vivos tropeçando pelo asfalto. Os zumbis estão prontos para mastigar o seu cérebro. E agora?

Eles querem  cérebros!

Cena do jogo Dead Rising 2

Há diversos manuais e livros que dão dicas e explicam procedimentos que vão manter você a salvo caso aconteça uma invasão zumbi. O mais famoso deles é o Guia de Sobrevivência aos zumbis, escrito por Max Brooks. A obra aponta as dez regras essenciais de sobrevivência:

"1º – Organize-se antes que eles despertem!

2º – Eles não sentem medo. Por que você deveria?

3º – Use sua cabeça: corte a deles.

4º – Lâminas não precisam ser recarregadas.

5º – Proteção ideal: roupas apertadas, cabelos curtos.

6º – Suba a escada, mas destrua ela depois.

7º – Saia do carro, suba na moto.

8º – Mantenha-se em movimento, fique escondido, fique quieto, fique alerta!

9º – Nenhum lugar é seguro, apenas mais seguro ainda.

10º – O zumbi pode ter ido embora, mas a ameaça permanece."

Fluxograma da sobrevivência

Você pode sair ileso?

Créditos: GameInformer - clique para visualizar a imagem completa

Zombiewalk

Um bando de malucos vestidos como zumbis pelas maiores metrópoles do mundo. A esse evento se dá o nome de Zombiewalk, ou parada dos zumbis. Aqui em Curitiba, sede do Baixaki, a passeata dos mortos-vivos acontece sempre no carnaval e chama a atenção pela originalidade dos figurinos. Você já participou de um evento assim?

Top 5 - Filmes

A figura dos mortos-vivos é vista principalmente em filmes. Por isso, Wikerson Landin, redator do Baixaki e apaixonado por filmes, montou uma listinha com cinco filmes essenciais para compreender o fenômeno dos zumbis!

Zumbilândia, o mais recente filme sobre zumbis

1 - A noite dos Mortos Vivos (clássico que deu origem a diversos filmes)
2 - Madrugada dos mortos
3 - Exterminío
4 - Zumbilândia
5 - Terra dos Mortos
Menção especial: Todo Mundo Quase Morto

Top 5 - Jogos

Além de superestrelas no cinema, os zumbis têm importante papel no mundo dos games. O Baixaki já preparou uma seleção com os melhores jogos de mortos-vivos, mas separamos os cinco melhores: