Sony acusa um de seus próprios sites de infração de copyright

1 min de leitura
Imagem de: Sony acusa um de seus próprios sites de infração de copyright
Imagem: Sony
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

A Sony Pictures Network da Índia fez um pedido oficial ao Google para a remoção de 34 URLs sob suspeita de infração de copyright. A prática é comum, mas causa estranheza porque essas páginas estão na plataforma Sony Liv, que, como diz o nome, pertence à própria Sony.

Aqui no Brasil a Sony Liv não é tão conhecida por não estar disponível, mas é um serviço de streaming da marca que opera na Índia e nos EUA. Por algum motivo, mesmo sendo um serviço oficialmente licenciado, ela recebe diversas reclamações de infração de copyright, até de sua própria companhia.

Parte dos links da Sony reportados pela Sony.Parte dos links da Sony reportados pela Sony.Fonte:  Lumen 

Além da Sony, outras companhias como Shoopte Film, Multi Screen Media e Cricket Australia já emitiram reclamações contra a Sony Liv, tratando a plataforma como se fosse um serviço de pirataria.

O Google conseguiu identificar a maior parte dessas reclamações como equivocadas, mas o site Torrent Freak reporta que ao menos duas das URLs da lista chegaram a ser removidas da Sony Liv.

O uso de robôs se mostra indispensável para lidar com o volume de sites na internet, então algum nível de automatização nos reports de copyright é esperado. Mas quando uma empresa começa a acusar os próprios sites de infração, talvez a IA precise de ajustes. A Sony chegou a reportar também o IMDb, pela sua página para a série Cold Courage.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.