Google lança coleção de roupas virtuais inspirada no Android 12

1 min de leitura
Imagem de: Google lança coleção de roupas virtuais inspirada no Android 12
Imagem: Material.io
Avatar do autor

Promovendo o lançamento da nova linha Pixel 6, o Google disponibilizou um curioso brinde para seus usuários. A novidade trata-se da coleção limitada de roupas "Material You Collection", que leva o mesmo nome da linguagem de design adotada no Android 12. A surpresa, porém, fica para um discreto detalhe: as peças são inteiramente virtuais — e nem sequer podem ser compradas.

Mais especificamente, a coleção conta com 12 peças virtuais de roupa, que possuem o objetivo de auxiliar os usuários a "expressarem sua individualidade". Funcionando mais como um conceito de arte, os modelos podem ser experimentados por "todo o público" até o dia 23 de novembro, quando a campanha é encerrada. Infelizmente, a novidade também é regional, sendo limitada aos residentes no Reino Unido.

As peças de roupa da coleção "Material You" são unissex e foram criadas inspirando-se na versatilidade do tema original. (Fonte: Google, Digital Trends / Reprodução)As peças de roupa da coleção "Material You" são unissex e foram criadas inspirando-se na versatilidade do tema original. (Fonte: Google, Digital Trends / Reprodução)Fonte:  Google, Digital Trends 

Todavia, além da proposta de marketing, a coleção virtual da Google pode ter um objetivo um tanto virtuoso. Concebidas pelas proeminentes casas fashion The Fabricant e Dress X — que abrigam artistas como Tinie Tempah, Bettina Looney, Radam Ridwan, Sophie Butler, Jack Guinness e Kyle De’Volle —, as peças levam estilo as redes sociais de maneira sustentável, já que não agridem o meio-ambiente de maneira direta.

O Gerente de Produto do Google Pixel, Shenaz Zack Mistry, explica as vantagens da novidade: "Em um momento em que há um movimento deliberado de comprar roupas únicas, esta coleção de moda digital pode ser acessada por qualquer pessoa de graça e permite que você expresse sua individualidade sem impactar o meio ambiente," ele avalia.

Com a ascensão do Metaverso, é provável que alternativas digitais como essa se tornem cada vez mais comuns, já que são sustentáveis e relativamente acessíveis para todos os usuários. Todavia, é importante ressaltar que, apesar das semelhanças, o Google ainda não tomou partido quanto a um projeto próprio de "mundo digital".