Depois do YouTube, Roku pode perder o Amazon Prime Video

2 min de leitura
Imagem de: Depois do YouTube, Roku pode perder o Amazon Prime Video
Imagem: Roku/Divulgação
Avatar do autor

Prestes a se despedir do YouTube, que ficará indisponível nos novos aparelhos da marca a partir de dezembro, a Roku também pode deixar de oferecer outro grande serviço de streaming em breve. Conforme relatou o The Information na sexta-feira (29), a empresa tem chances de perder o Amazon Prime Video.

Em uma nova disputa de contrato referente aos aplicativos oferecidos em sua plataforma, a Roku desta vez encontra dificuldades para renovar com a Amazon, que além do Prime Video também é proprietária da IMDb TV, disponível no exterior. O problema estaria nos dados solicitados pela empresa de Jeff Bezos.

De acordo com a publicação, a gigante varejista estaria pressionando a parceira para ter acesso aos dados de visualização dos usuários de dispositivos Roku. Ela quer saber o que os assinantes assistem nos apps.

A lista de apps da Roku TV pode ter um novo desfalque em breve.A lista de apps da Roku TV pode ter um novo desfalque em breve.Fonte:  Roku/Divulgação 

Com os dados, a Amazon poderia descobrir quantos e quais usuários fazem compras em sua plataforma de vendas depois de assistirem aos anúncios no sistema da Roku. Isso é feito por meio da comparação das informações dos apps com o que a companhia sabe sobre os clientes que compram em seu site.

Roku nega as informações

Uma possível saída do Amazon Prime Video da Roku seria desastrosa para a empresa. Caso o acordo não seja fechado, os usuários dos players de mídia que assinam o serviço poderão acabar migrando para outras plataformas compatíveis.

Além disso, os dispositivos correriam o risco de não serem mais comercializados pela varejista, com o fim do contrato. Vale lembrar que a Amazon já chegou a barrar aparelhos com Android TV pelo simples motivo de eles não carregarem o app do Prime Video na época.

É importante ressaltar que as partes envolvidas ainda não confirmaram qualquer desfecho sobre o acordo. Porém, o mesmo pedido foi feito pela Amazon na última atualização do contrato, no ano passado, e negado.

Em nota enviada ao TecMundo, a Roku citou a renovação anual de contrato "com centenas de parceiros" e disse que o "contrato com a Amazon não está em renovação no momento e não há negociações em andamento". Confira o posicionamento na íntegra:

"Anualmente a Roku negocia suas renovações com centenas de parceiros. Isso é normal e faz parte do nosso negócio, que tem como foco a obtenção de acordos mutuamente benéficos, fornecendo aos nossos clientes a melhor experiência e valores possíveis. Nosso contrato com a Amazon não está em renovação no momento e não há negociações em andamento."

*Matéria atualizada em 03/11/2021, às 17h, com o posicionamento da Roku.