Por que o YouTube deixará aparelhos Roku? Vazamento apresenta a resposta

1 min de leitura
Imagem de: Por que o YouTube deixará aparelhos Roku? Vazamento apresenta a resposta
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

Na última semana, a Roku revelou que o aplicativo do YouTube não estará mais disponível para os usuários da plataforma já em dezembro. O motivo para o conflito entre as empresas ainda não está muito claro, mas um vazamento revelou mais detalhes sobre a confusão.  De acordo com um e-mail que surgiu na web, a Google pode ter requisitado concessões e dados exclusivos para permitir o uso do app de streaming nos aparelhos da Roku.

Segundo informações da CNBC, o e-mail revela que a Google exigia informações privilegiadas para conceder o uso do YouTube — a mensagem foi enviada em 2019, bem antes de a batalha judicial começar. Desde então, a plataforma já alegou diversas vezes que a Google exige favorecimentos injustificados para continuar permitindo o uso do app.

Google continua negando as acusações

“Para ser claro, nunca fizemos, como eles alegaram, qualquer solicitação para acessar os dados do usuário ou interferir nos resultados da pesquisa. Essa afirmação é infundada e falsa”, revelou a gigante ao negar as acusações.

De qualquer forma, o e-mail foi enviado em 2019 e, pelo menos por enquanto, não há novos indícios de que a Google tenha requisitado as exigências comentadas. A companhia continua a declarar que nunca realizou as solicitações informadas pela Roku, mesmo após ser questionada sobre o suposto e-mail.

O aplicativo do YouTube continuará disponível na plataforma Roku até o dia 9 de dezembro — isso também significa que os usuários já cadastrados podem instalar e continuar usando o serviço de streaming sem serem afetados pela mudança.