Questionário de emprego preenchido por Steve Jobs vai a leilão novamente

1 min de leitura
Imagem de: Questionário de emprego preenchido por Steve Jobs vai a leilão novamente
Imagem: AFP/Reprodução
Avatar do autor

Um questionário para uma vaga de emprego que foi preenchido à mão por Steve Jobs será colocado em leilão no fim de fevereiro. O texto em modelo de currículo foi redigido pelo ex-CEO em 1973 e já havia sido vendido em um leilão anterior por US$ 174 mil (aproximadamente R$ 934 mil na cotação atual).

A carta foi elaborada logo após Jobs abandonar o Reed College, onde estudou por cerca de 6 meses. É possível observar algumas curiosidades na peça: Jobs escreveu que “datilografar no computador e calculadora” estava entre as suas competências. Ele ainda havia escrito que “tecnologia” e “design” eram suas habilidades especiais.

No campo de “major”, que em países de língua inglesa é correspondente à graduação do Brasil, Jobs colocou “Literatura”. O ex-inventor escreveu dizendo que tinha carteira de motorista e que seu acesso ao transporte era “possível, mas não provável”.

Currículo de Steve JobsNa época, Jobs tinha acabado de completar 18 anos

Nesse questionário, campos como “vaga pretendida” foram deixados em branco, e não há detalhes sobre o nome da empresa a que Jobs tentou se candidatar. Um ano depois de preencher o questionário de emprego, Jobs foi contratado pela Atari como técnico, onde trabalhou junto a Steve Wozniak, companheiro que o ajudou na fundação da Apple em 1976.

O item raríssimo, que era da coleção pessoal de Jobs, será vendido pela Charterfields, uma empresa de avaliação e gestão de ativos com sede em Londres. Na página sobre a carta é explicado que as ofertas começarão a ser aceitas em 24 de fevereiro com data final em 24 de março. Por enquanto, não há informações sobre os valores de lances iniciais e o leilão será realizado online.

Questionário de emprego preenchido por Steve Jobs vai a leilão novamente