De acordo com fontes anônimas que teriam conversado com o AdAge, a Amazon estaria se preparando para lançar uma nova versão do Prime Video, seu serviço de streaming competidor da Netflix. A ideia da empresa seria oferecer o serviço de graça para os usuários e incluir anúncios no meio da programação. Em outras palavras, a plataforma transmitiria filmes e séries com pequenos intervalos comerciais, basicamente como vemos na TV atualmente.

Essa versão gratuita do Prime seria oferecida para os usuários que não assinam o Amazon Prime, uma espécie de “clube de benefícios” que, além do serviço de streaming, oferece entregas gratuitas expressas em compras na Amazon, bem como descontos exclusivos.

Dividir a renda de propaganda com criadores em troca de um número mínimo de horas de vídeo publicado semanalmente

A Amazon também estaria disposta a incentivar as criadoras de conteúdo a publicar muita coisa no Prime Video. Segundo um executivo anônimo que conversou com o AdAge, a empresa “está falando em oferecer canais específicos para os criadores de conteúdo e também em dividir a renda de propaganda com eles em troca de um número mínimo de horas de vídeo publicado semanalmente”.

Espera-se que essa estratégia da Amazon seja uma forma de atrair mais assinantes para a sua plataforma, que hoje é vendida em conjunto com os benefícios citados acima por US$ 99 por ano nos EUA. Diferente do que acontece no Brasil, não é possível assinar o Prime Video separadamente nos Estados Unidos.

A expectativa é de que, mostrando parte de seu catálogo e a qualidade do serviço para os usuários, a Amazon consiga cooptar mais pessoas para pagar esses US$ 99 anualmente. Também existem ofertas mensais desse serviço. Essa estratégia, contudo, não é nova no segmento. Apps de streaming como o Crunchyroll também oferecem conteúdo gratuitamente para não assinantes na expectativa de convertê-los em usuários pagantes.

Ainda não há qualquer confirmação oficial por parte da Amazon sobre esse assunto, e não sabemos se esse novo modelo para o Prime Video pode chegar ao Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: