O fãs de animações japonesas têm gerado uma boa briga entre os serviços de streaming de vídeo. E algo que os usuários do Crunchyroll queriam finalmente deve acontecer ainda neste ano: a programação será liberada para ser baixada na plataforma.

“Sabemos que o streaming offline é importante para nossa audiência e estamos trabalhando para trazer esse recurso para nossa plataforma em 2017, para que nossos fãs possam estar com suas atrações favoritas em qualquer lugar”, disse um porta-voz para o site Polygon. Ainda não há data exata para o início da novidade.

Netflix já permite baixar atrações para ver offline desde o começo deste ano e a Amazon, desde setembro de 2015

Essa decisão vem a tempo de competir com o Anime Strike, canal da Amazon dedicado aos animes. Tanto a gigante varejista como a Netflix têm oferecido o streaming offline e mirado ultimamente com mais intensidade nesse segmento, que é consumido por milhares de pessoas.

Ainda que Amazon e Netflix disponibilizem séries populares, a exemplo de Naruto, Death Note e Bleach, elas não podem competir com a quantidade da oferta e os contratos exclusivos do Crunchyroll. A estratégia para enfrentar a concorrência era, então, possibilitar a visualização mesmo sem conexão com a web. Agora, ambas devem investir em suas próprias produções para atrair uma fatia desse público.

Cupons de desconto TecMundo: