A guerra dos smartphones e tablets é clara: os usuários têm as fabricantes e os aparelhos favoritos, além de opiniões fortes sobre os dispositivos. Porém, existe uma outra guerra por trás destes gadgets — até um pouco velada aos olhos dos consumidores. É a batalha do melhor e mais potente processador. Hoje, temos sete grandes competidores: a Qualcomm (Snapdragon), a Samsung (Exynos), a Apple (AX), a Intel (Atom), a MediaTek (MT), a NVIDIA (Tegra) e a Huawei (Kirin).

Neste ano, o Exynos 7420 está indo muito bem: tanto a mídia quanto os usuários notam o bom desempenho da peça. Do outro lado, estão a Apple e a Qualcomm, que vão introduzir o A9 e o Snapdragon 820 ainda em 2015. Então, smartphones ainda mais poderosos vão chegar.

A Huawei não pretende ficar longe da disputa e vai oferecer o Kirin 950, que deve desembarcar com nada menos que quatro núcleos ARM Cortex A53 e mais quatro núcleos Cortex A72, de acordo com os últimos relatos. Ainda não se sabe em qual frequência o 950 vai rodar, mas é quase certeza que ele vai ser suplementado pela GPU Mali T880 e RAM LPDDR4.

Alguns rumores indicam que o Kirin 950 também vai ser fabricado em um processo de 16 nm da TSMC. Contudo, a fábrica está com problemas de produção e ninguém sabe ao certo o quão precisa será a entrega — muitos analistas acreditam que este é o motivo de a Apple pedir para a Samsung ser a fornecedora dos processadores A9.

Segundo o HKEPC, o Huawei Kirin 950 vai aparecer nos dispositivos lançados no último trimestre do ano.

Qual é o seu processador mobile favorito? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: