O ano foi bem movimentado no segmento de hardware, principalmente com a chegada de novas placas de vídeo das duas gigantes do segmento: NVIDIA e AMD.

Com um avanço considerável no processo de fabricação, ambas apresentaram novas soluções para o jogador que busca melhorias tanto nos gráficos quanto no consumo de energia.

As novas placas que compõem as famílias GeForce e Radeon são realmente muito versáteis, sendo que há opções para todos os casos e bolsos. Nós testamos os modelos lançados neste ano e acompanhamos os principais eventos, de modo que tivemos a oportunidade de conferir as diferentes propostas desenvolvidas pelas duas marcas.

Você talvez tenha ficado na vontade de fazer aquele upgrade no seu computador ao longo do ano, mas diversos fatores podem ter freado seu movimento rumo aos gráficos superiores. Agora, com Natal logo aí e várias promoções, pode ser a hora perfeita para dar um passo adiante, o que nos motivou a trazer este guia de compras com dicas e sugestões.

GeForce GTX 1080 – de R$ 2,9 mil até R$ 4 mil

Você quer a melhor placa de vídeo da atualidade no seu PC? Então a escolha óbvia é a GeForce GTX 1080, que vem com a arquitetura Pascal e entrega resultados surpreendentes em qualquer game.

Quer o melhor desempenho em 4K? Vá de GTX 1080. Quer o máximo da experiência VR? É GTX 1080 no PC. Quer apenas curtir os games sem se preocupar com performance? GTX 1080 é a placa que você procura!

Independente da marca que você escolher, a GTX 1080 é a unidade gráfica que vai entregar a melhor performance sem consumir muita energia (o TDP dela é de apenas 180 watts). É claro que o preço acompanha o desempenho, então esteja preparado para gastar em torno de R$ 3 mil.

Sugestões de modelos com o chip GeForce GTX 1080:

  • ZOTAC GeForce GTX 1080 AMP Edition - R$ 3 mil
  • MSI GeForce GTX 1080 Armor - R$ 3.050
  • GIGABYTE GeForce GTX 1080 G1 Gaming - R$ 3,1 mil
  • GALAX GeForce GTX 1080 EX OC - R$ 3,2 mil
  • ASUS GeForce GTX 1080 Strix - R$ 3,8 mil

GeForce GTX 1070 – de R$ 1,8 mil até R$ 2,7 mil

É claro que nem todos necessitam de uma GTX 1080 no PC, já que ela é para entusiastas. Se você está montando uma máquina focada na jogatina em Full HD e quer economizar um bocado, então a GeForce GTX 1070 pode ser uma aposta mais sensata.

Veja, a GeForce GTX 1070 é uma placa que empata e até ultrapassa a performance da gloriosa GTX 980 Ti,  com a diferença de que ela custa muito menos, economiza energia (com TDP de 150 watts) e já traz uma série de novas tecnologias, que certamente são excelentes para quem quer investir pensando no futuro.

É importante constatar também que a GTX 1070 já é capaz de dar uma ótima demonstração da experiência com a realidade virtual e ainda rodar diversos games na resolução 4K. Esta placa roda sempre na qualidade máxima com ótima performance. Se você pretende gastar algo na faixa dos R$ 2 mil, qualquer modelo com este chip gráfico vai te fazer muito feliz!

Sugestões de modelos com o chip GeForce GTX 1070:

  • GIGABYTE Geforce GTX 1070 Mini ITX OC 8GB - R$ 1.820
  • GALAX Geforce GTX 1070 EX OC - R$ 1,9 mil
  • ZOTAC Geforce GTX 1070 AMP Extreme - R$ 2,3 mil
  • MSI GeForce GTX 1070 Sea Hawk X - R$ 2,5 mil
  • GALAX GeForce GTX 1070 HOF - R$ 2,6 mil
  • ASUS GeForce GTX 1070 Strix - R$ 2,6 mil

GeForce GTX 1060 com 6 GB – de R$ 1.150 até R$ 1,7 mil

Se você está com o orçamento mais apertado, mas ainda faz questão de investir pesado em placa de vídeo, então nossa recomendação na faixa dos R$ 1,5 mil é a GeForce GTX 1060. Apesar de ser uma substituta da GTX 960, esta belezinha chegou com performance acima da GTX 970 e até da GTX 980, porém com consumo reduzido (de apenas 120 watts).

A GeForce GTX 1060 roda os games com tranquilidade na resolução Full HD, exigindo alguns poucos ajustes em determinadas situações. Assim como suas irmãs mais poderosas, esta GPU tem muito poder para rodar games de realidade virtual. A experiência em resoluções mais altas (1440p ou 2160p) é possível, mas não espere a melhor qualidade visual.

Vale ficar de olho na hora da compra, pois há duas versões desta placa: uma com 6 GB e outra com 3 GB. Se você for investir nela, dê preferência à de 6 GB. Esta versão custa um pouco mais; porém, por contar com mais memória e ter mais núcleos CUDAS, entrega maior desempenho em todas as situações.

Sugestões de modelos com o chip GeForce GTX 1060:

  • GIGABYTE GeForce GTX 1060 Mini ITX OC 6GB - R$ 1.170
  • ZOTAC GeForce GTX 1060 6GB Mini - R$ 1,2 mil
  • ASUS GeForce GTX 1060 6GB DUAL - R$ 1.450
  • MSI GeForce GTX 1060 6GB Gaming X - R$ 1,5 mil

Radeon RX 480 com 8 GB – de R$ 1,1 mil até R$ 1,5 mil

A AMD deu um passo ousado neste ano e focou num mercado diferente de sua concorrente. Em vez das top de linha, a fabricante das placas Radeon iniciou sua estratégia com uma placa que apresenta performance que fica entre os níveis alto e intermediário.

A Radeon RX 480 chegou recheada de novas tecnologias, que levam a família Radeon para um novo patamar. Esta placa apresenta bom aproveitamento de energia, alto potencial com novas APIs, baixas temperaturas e potencial de overclocking razoável. Esta é uma placa focada no Full HD, mas, assim como a GTX 1060, ela também pode rodar games em 4K ou 1440p.

Vale notar ainda que o foco desta placa é dar o primeiro passo na realidade virtual. Os preços começam na faixa de R$ 1,1 mil, sendo uma ótima opção em termos de custo-benefício. Novamente, é preciso tomar cuidado com os modelos disponíveis, pois há versões da RX 480 com apenas 4 GB de memória de vídeo. Recomendamos a aquisição da placa com 8 GB.

Sugestões de modelos com o chip Radeon RX 480:

  • XFX Radeon RX 480 RS 8GB - R$ 1.180
  • GIGABYTE Radeon RX 480 G1 Gaming 8GB - R$ 1.220
  • MSI Radeon RX 480 Gaming X 8G - R$ 1.350
  • ASUS Radeon RX 480 Strix 8GB - R$ 1.410

Radeon RX 470 com 4 GB – de R$ 800 até R$ 1 mil

Baixando os preços consideravelmente, temos uma placa de vídeo interessante da AMD. A Radeon RX 470 pode apresentar performance próxima à que temos na RX 480, ao mesmo tempo que economiza energia e traz um leque de possibilidades para o jogador.

No geral, a Radeon RX 470 é uma placa bem preparada para jogatina em Full HD, que pode rodar fácil muitos games em alta qualidade sem ter que desativar muitos filtros. É claro que alguns títulos mais pesados já podem levar a placa a ter desempenho inferior ao patamar dos 60 frames por segundo, mas alguns ajustes podem resolver o problema facilmente.

Devido às limitações de hardware, esta placa já não é uma boa aposta para quem quer embarcar na realidade virtual ou em jogos com resolução 4K. De qualquer forma, pensando em custo-benefício, você pode turbinar seu PC facilmente com menos de R$ 1 mil. Vale ficar de olho em modelos com alto nível de overclocking, alguns que quase empatam com a RX 480.

Sugestões de modelos com o chip Radeon RX 470:

  • XFX Radeon RX 470 4GB OC - R$ 850
  • SAPPHIRE Radeon RX 470 OC 4GB - R$ 900
  • ASUS Radeon RX 470 Strix 4GB OC - R$ 930
  • GIGABYTE Radeon RX 470 G1 Gaming 4GB - R$ 940

Radeon RX 460 com 4 GB – de R$ 550 até R$ 780

Para finalizar nosso guia de compras, temos uma placa focada em jogadores que querem curtir games multiplayer com folga de desempenho. A Radeon RX 460 conta com as principais novidades da arquitetura Polaris, sendo uma opção bem econômica e versátil.

Quer curtir os principais jogos sem gastar muito? A RX 460 é a aposta certa! Esta placa ainda dá conta tranquilamente de games em Full HD, porém cabe ao jogador regular os games para qualidade intermediária a fim de obter uma experiência mais agradável.

Quem resolver pegar uma RX 460 deve ficar atento aos diferentes modelos. Nossa dica é optar pela RX 460 com 4 GB de memória de vídeo, que pode sim obter vantagens em vários títulos que usam texturas de alta resolução e ser encontrada na faixa dos R$ 600.

Sugestões de modelos com o chip Radeon RX 460:

  • XFX Radeon RX 460 4GB - R$ 570
  • GIGABYTE Radeon RX 460 Windforce OC 4G - R$ 620
  • ASUS RX 460 4GB Gaming - R$ 770

E as outras placas?

Se você acompanhou os principais lançamentos de placas de vídeo neste ano, talvez tenha percebido que não colocamos a GTX 1050, a RX 460 de 2 GB, a GTX 1050 Ti, a RX 480 de 4 GB e a GTX 1060 de 3 GB em nosso guia de compras.

O motivo é bem simples. Com base em nossos testes, as placas sugeridas oferecem mais benefícios na mesma faixa de preço dos modelos ausentes.

Isso quer dizer que as placas que ficaram de fora não prestam? De forma alguma! Todos os modelos lançados neste ano possuem públicos-alvo específicos, cada um cumpre uma proposta diferente.

Se você achou uma promoção ou se acredita que outra placa que não está no guia pode ser melhor para o seu PC, então cabe somente a você tomar uma decisão.

E as placas mais antigas? Novamente, trata-se de uma questão similar de analisar investimento-benefício. Peças de gerações anteriores, tanto da NVIDIA quanto da AMD, podem ser perfeitamente adequadas para a jogatina.

A ausência de tecnologias (exclusivas das novas arquiteturas), o suporte em longo prazo, o consumo de energia e outros fatores nos levam a sugerir que você opte por uma mais recente. Todavia, promoções ou peças usadas podem ser ótimos upgrades, então, novamente, só você pode escolher qual placa é a mais adequada para seu PC.

Você tem outras sugestões? Quer ajudar outros leitores com dicas de marcas e modelos? Aproveite o espaço de comentários para dar sua opinião.

Cupons de desconto TecMundo: