Em 2012, quando foi anunciado, o Google Glass conquistou o público, maravilhado com as possibilidades do aparelho. Desde então, o produto foi testado por usuários, imprensa e parceiros da Google, mas não se mostrou à altura do hype criado em torno de si. O Glass foi quase enterrado de vez, chegou a ganhar uma fagulha de esperança e agora parece que está encaminhado para uma segunda versão do dispositivo, com uma equipe totalmente reformulada no comando do projeto – com protótipos já chegando a alguns desenvolvedores.

No começo deste mês, Tony Fadell, o novo responsável pelos óculos vestíveis da Google, deixou claro que novos lançamentos não seriam tão expostos ao público em suas fases iniciais – como ocorreu com os modelos de testes do Glass. A prova disso é o fim do programa que permitia aos usuários comuns comprar uma unidade do produto, o Explorer Program, encerrado no dia 19 de janeiro. Sendo assim, dificilmente veremos um possível Google Glass 2 dando as caras em eventos de tecnologia tão cedo.

A ideia da Gigante das Buscas, agora, parece ser se focar no ambiente corporativo ou de negócios para impulsionar o desenvolvimento dessa nova encarnação do vestível. Segundo fontes do site 9to5Google, diversos parceiros próximos – participante do programa Google at Work – receberam peças da versão mais atual do Glass. A estratégia é construir algo interessante internamente antes de reapresentar o projeto aos consumidores, principalmente em um mercado que cresceu significantemente desde 2012.

Inicialmente a equipe de desenvolvimento interna da Google não seria alterada tanto para dar prosseguimento ao produto, mas as mudanças de pessoal foram tamanhas que o grupo que toca o projeto está sendo chamado de “novo” time do Glass. Com dispositivos como Oculus Rift e Gear VR na jogada, além da tecnologia formidável do HoloLens da Microsoft, é bem provável que a Google tenha tomado a decisão correta de voltar alguns passos para entregar um gadget mais robusto e refinado para os usuários finais.

Para você, quais foram os maiores defeitos da primeira empreitada do Google Glass? O que você espera ver em um futuro Glass 2? Deixe sua opinião mais abaixo, na seção de comentários. 

Cupons de desconto TecMundo: