Samsung Galaxy S22 pode ser lançado em dezembro, cita informante

1 min de leitura
Imagem de: Samsung Galaxy S22 pode ser lançado em dezembro, cita informante
Imagem: OnLeaks/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A linha Samsung Galaxy S22 deve ser lançada um pouco antes do esperado. Previsto para janeiro de 2022, os novos smartphones premium da marca sul-coreana podem chegar às lojas em dezembro deste ano.

Isso é o que indica uma recente publicação no Twitter de Ice Universe, informante da indústria com bom histórico de vazamentos. Com o suposto cancelamento do Galaxy S21 FE, o especialista sugere que a fabricante pode adiantar a estreia do S22.

Na última semana, surgiram diversos rumores de que a Samsung poderia cancelar o Galaxy S21 FE. Conforme as informações, após diversos adiamentos, a marca teria desistido de lançar o smartphone de baixo custo.

Entretanto, o modelo já foi homologado em diversos países, incluindo o Brasil, e o anúncio oficial deve acontecer em um evento no próximo mês. Algo que contraria os recentes boatos.

Embora tenha um bom histórico, Ice Universe não revelou se recebeu informações privilegiadas ou está apenas especulando. Portanto, o cancelamento do Galaxy S21 FE e o adiantamento do Galaxy S22 devem ser considerados rumores.

A série Galaxy S21 foi lançada há menos de um ano.A série Galaxy S21 foi lançada há menos de um ano.Fonte:  Samsung/Divulgação 

Ocupando espaço dos dispositivos cancelados

Segundo os analistas, a possível antecipação da série Galaxy S22 seguiria uma lógica mercadológica. Sem o Galaxy Note 21 e com o suposto cancelamento do Galaxy S21 FE, a Samsung não terá um grande lançamento para o final deste ano.

Dessa maneira, a estreia dos modelos premium poderia preencher esse espaço. Os celulares atenderiam os consumidores que não podem adquirir os smartphones dobráveis e, ao mesmo tempo, seriam um excelente atrativo para o Natal.

Por outro lado, a Samsung adotaria uma estratégia surpreendente ao lançar duas gerações do Galaxy S no mesmo ano. Embora seja uma ação ousada, essa hipótese não deve ser descartada até a marca se pronunciar oficialmente.