Pixel 5a terá lançamento limitado devido à escassez de chips

1 min de leitura
Imagem de: Pixel 5a terá lançamento limitado devido à escassez de chips
Imagem: World raters/Reprodução
Avatar do autor

O Pixel 5a terá um lançamento limitado por conta da escassez global de chips. Em nota, a Google desmentiu os recentes rumores de que o smartphone intermediário teria sido cancelado.

“O Pixel 5a 5G não foi cancelado. Ele estará disponível ainda este ano nos Estados Unidos e no Japão. Tal como, ele será anunciado de acordo com a data em que o telefone da série a do ano passado foi lançado”, revelou o porta-voz da companhia.

Renderização do Pixel 5a traz design semelhante ao Pixel 4a.Renderização do Pixel 5a traz design semelhante ao Pixel 4a.Fonte:  OnLeaks/Reprodução 

A Google reconheceu que os problemas da cadeia de suprimentos global limitaram a disponibilidade do novo aparelho. Por outro lado, a companhia anunciou pela primeira vez que o dispositivo virá com conectividade 5G.

Seguindo as informações da marca, o Pixel 4a foi anunciado em agosto de 2020 e colocado imediatamente à venda. No entanto, o sucessor ainda pode ser revelado oficialmente durante o evento I/0 2021 que será realizado em maio.

Apesar da disponibilidade inicial limitada, é possível que a Google lance o Pixel 5a em mais países. Por exemplo, a edição Baby Blue do Pixel 4a foi lançada em novembro de 2020 – três meses após a estreia da versão Just Black.

Versão Baby Blue do Pixel 4a chegou ao mercado três meses após o lançamento oficial.Versão Baby Blue do Pixel 4a chegou ao mercado três meses após o lançamento oficial.Fonte:  The Verge/Reprodução 

O problema da escassez de chips

A crise dos semicondutores está afetando diversas empresas de tecnologia. Por exemplo, a Apple teve que adiar a produção de iPads e MacBooks, enquanto a Samsung já enxerga problemas na cadeia de suprimentos nos próximos meses.

No mundo dos videogames, a Sony está tendo dificuldades para suprir a produção do PlayStation 5 devido à falta de componentes para o console. Do outro lado, a rival Microsoft enfrenta a mesma adversidade para fabricar o Xbox Series X.

A escassez de chips também se estende para a indústria automotiva. Montadoras como a Ford e General Motors foram forçadas a reduzir a fabricação de diversos modelos por não ter peças suficientes.