Argentina anuncia primeiro caso suspeito de varíola de macacos

1 min de leitura
Imagem de: Argentina anuncia primeiro caso suspeito de varíola de macacos
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

No domingo (22), o governo argentino divulgou que um morador de Buenos Aires apresentou sintomas compatíveis com a varíola de macacos, doença que gerou um surto em diferentes regiões do mundo. De acordo com as informações do governo argentino, o paciente viajou para a Espanha entre abril e maio de 2022, país onde já foram registrados 30 casos da doença.

O argentino foi internado com febre e pústulas em diferentes partes do corpo, contudo, seu estado não é de preocupação. Enquanto o resultado não é confirmado, o governo argentino anunciou que foi formado um grupo para coordenar ações clínicas, prestar atendimento adequado e implementar outras ações que evitem a transmissão do vírus.

O teste para confirmar a doença está sendo realizado pelo Laboratório Nacional de Referência INEI-ANLIS Dr. Carlos G. Malbrán em uma análise etiológica. Em caso de aparecimento dos sintomas, o Ministério de Saúde da Argentina recomenda isolamento, uso de máscara e atendimento médico.

Outros casos suspeitos também estão sendo testados em diferentes paísesOutros casos suspeitos também estão sendo testados em diferentes paísesFonte:  Shutterstock 

Casos confirmados

Até o último informativo da Organização Mundial de Saúde (OMS), já foram confirmados 92 casos e outros 28 suspeitos em 12 países não endêmicos, ou seja, onde não há histórico da presença do vírus. Um paciente brasileiro também foi detectado com varíola dos macacos enquanto viajava pela Alemanha, após ter visitado a Espanha e outros países da Europa.

Apesar de a varíola ter sido erradicada em 1980, a varíola de macacos ainda está presente e ativa em algumas regiões endêmicas, como em alguns países da África — o problema atual é que o surto também está acontecendo em países não endêmicos. Conforme anunciado pela OMS, muitos casos foram detectados em homens que se relacionam sexualmente com outros homens.