Nova empresa da Alphabet quer criar novos remédios usando IA

1 min de leitura
Imagem de: Nova empresa da Alphabet quer criar novos remédios usando IA
Imagem: Shutterstock
Avatar do autor

A Alphabet, empresa que atua como guarda-chuva da Google e de todas as outras companhias paralelas (como Nest, Waymo e a X), anunciou a criação de um novo empreendimento para atuar no campo da saúde.

O Isomorphic Labs é uma empresa que vai utilizar estruturas de Inteligência Artificial (IA) com o objetivo de descobrir e criar medicamentos mais rapidamente e com precisão. Segundo a empresa, essa é uma aplicação já prevista há vários anos, mas só agora a tecnologia está avançada o suficiente para permiti-la com fins comerciais e científicos.

A publicação de estreia no blog da marca não é muito detalhada, mas os avanços na área podem ajudar a reduzir os testes em animais, por exemplo.

Cálculos e modelos

De forma resumida, a Isomorphic Labs vai utilizar uma plataforma de alta capacidade para gerar modelos complexos de fenômenos químicos e biológicos. A ideia é analisar dados em larga escala, realizar simulações variadas e estudar combinações para encontrar quais substâncias reagem melhor com certas condições do corpo humano — gerando medicamentos e tratamentos que combatem ou previnem doenças e outros traumas.

A companhia é baseada nos avanços realizados pela DeepMind, a IA da Alphabet que, entre outros trabalhos, já virou uma campeã do jogo de tabuleiro chinês Go e até já é capaz de prever a estrutura de proteínas. O próprio CEO da Isomorphic Labs será o atual gerente executivo da DeepMind, Demis Hassabis, que vai manter ambos os cargos.

Por enquanto, a empresa ainda está em fases iniciais de desenvolvimento e não possui um projeto em andamento. Ela está contratando especialistas na área de IA e saúde para montar a equipe — veja aqui os anúncios.