Governo de SP anuncia vacinação anual contra covid-19

1 min de leitura
Imagem de: Governo de SP anuncia vacinação anual contra covid-19
Imagem: Shutterstock/Reprodução
Avatar do autor

O governo estadual de São Paulo anunciou, nesta segunda (19), um ciclo de vacinação anual contra o coronavírus, exatamente como é feito contra a H1N1, da gripe. A partir de 17 de janeiro de 2022, quem foi imunizado há mais de um ano deverá ser vacinado novamente.

O secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, explicou que a continuidade anual da imunização contra a covid-19 não se trata de um reforço de vacinação, e sim de refazer a proteção, como já acontece com todos os vírus respiratórios.

O ciclo anual terá a capacidade de expandir a imunização contra eventuais novas variantes. "Como a formulação da vacina permite associação de novas cepas é capaz que tenhamos dentro de uma próxima vacina mais de um tipo de proteção", esclarece o secretário.

Ampliação da vacinação

O governo paulista ainda está focado em completar a imunização de sua população e aguarda a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação da CoronaVac em crianças e adolescentes, com base em um estudo feito com pessoas de 3 a 17 anos

"Foram feitos questionamentos e complementações pela Anvisa e acreditamos que até o final desta semana esses documentos já estejam disponíveis para análise da agência", revelou Gorinchteyn.

Além disso, o secretário estadual de Saúde espera a conclusão dos estudos da Butanvac, que foram iniciados no dia 9 de julho em Ribeirão Preto. O estado de São Paulo conta com 40 milhões de doses prontas para distribuição, dependendo apenas da comprovação de sua eficácia.

Entrega de doses

Instituto Butantan deve completar a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac até o final de agosto. (Fonte: Governo de SP/Divulgação)Instituto Butantan deve completar a entrega de 100 milhões de doses da CoronaVac até o final de agosto. (Fonte: Governo de SP/Divulgação)Fonte:  Governo de SP/Divulgação 

O anúncio foi realizado durante a entrega pelo Instituto Butantan de um lote de 1 milhão de doses da CoronaVac ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). Ao longo do mês de julho, o segundo contrato com o Ministério da Saúde prevê a entrega de 5 milhões de doses de um total de 54 milhões de vacinas. O primeiro contrato, iniciado em 17 de janeiro de 2021, foi cumprido em 12 de maio, com a entrega de 46 milhões de doses.

Governo de SP anuncia vacinação anual contra covid-19