SpaceX: missão com a Dragon traz materiais de pesquisa do espaço

1 min de leitura
Imagem de: SpaceX: missão com a Dragon traz materiais de pesquisa do espaço
Imagem: NASA/Reprodução
Avatar do autor

A Dragon C209, versão para cargas da Crew Dragon, aterrissou com segurança na Flórida no final da sexta-feira (9), após um atraso de três dias. O adiamento foi provocado pela tempestade tropical Elsa, que atingiu a costa leste dos Estados Unidos e tornaria insegura a recuperação da cápsula na plataforma em alto-mar.

A viagem de retorno da Estação Espacial Internacional (ISS) durou 37 horas e marcou o fim da 22ª missão de Serviços de Abastecimentos Comerciais (CRS) da SpaceX, contratada pela NASA. A Dragon chegou à estação no dia 5 de junho, trazendo mais de 3 toneladas de água, comida e experimentos científicos. Além disso, levou dois novos painéis solares para serem instalados na ISS.

Experimentos científicos

Cápsula da nave espacial foi recuperada na noite de sexta para sábado. (Fonte: SpaceX/Reprodução)Cápsula da nave espacial foi recuperada na noite de sexta para sábado. (Fonte: SpaceX/Reprodução)Fonte:  SpaceX/Reprodução 

Na bagagem de volta, a nave espacial trouxe o material de uma série de pesquisas conduzidas na estação, como investigações de ciências físicas, de melhoria do diagnóstico de doenças e o desenvolvimento de novos tratamentos.

Alguns experimentos científicos foram lançadas na CRS-22 há pouco mais de um mês, enquanto outras estiveram a bordo da ISS por vários meses para avaliação em condições baseadas no espaço. Confira alguns destaques.

Crescimento de micróbios na boca

Para investigar os efeitos ambientais no desenvolvimento de placas dentais, um experimento conduzido pela Colgate-Palmolive enviou um dispositivo que simula o crescimento de micróbios na superfície de esmalte com a saliva de pacientes de três grupos: saudáveis, com infecção na gengiva e com cárie.

Liofilização em microgravidade

A liofilização é uma tecnologia de secagem de que constitui na remoção da água através da sublimação, comum para formular produtos farmacêuticos com estabilidade física e química aprimorada. A Dragon trouxe dados que permitirão analisar a influência da gravidade no estado físico e nas propriedades de materiais liofilizados.

Raízes do algodão

Um experimento procura compreender as características fisiológicas e as causas moleculares da resposta do algodão à falta de água. A remoção da gravidade permite que os pesquisadores estudem os elementos genéticos relacionados ao desenvolvimento das raízes da planta, o que pode levar à produção de algodoeiros que usam a água com mais eficiência.

SpaceX: missão com a Dragon traz materiais de pesquisa do espaço