NASA ainda não corrigiu falhas que desligaram o telescópio Hubble

1 min de leitura
Imagem de: NASA ainda não corrigiu falhas que desligaram o telescópio Hubble
Imagem: Unsplash/Reprodução
Avatar do autor

A NASA ainda não conseguiu solucionar as falhas que fizeram o computador de carga útil do telescópio espacial Hubble parar de funcionar no último dia 13. No comunicado mais recente, divulgado na terça-feira (22), a agência espacial norte-americana informou que continua a trabalhar para resolver o problema.

"Depois de realizar testes em vários módulos de memória do computador, os resultados indicam que uma parte diferente do hardware do computador pode ter causado o problema, com os erros de memória sendo apenas um sintoma", escreveu a NASA. Diante disso, as investigações agora se concentram no Hardware de Interface Padrão (STINT).

Os operadores do telescópio querem saber se o STINT, responsável por conectar o Módulo de Processamento Central (CPM) do computador a outros componentes, é a fonte do problema que paralisou o Hubble. Eles também não descartam a possibilidade de que a falha esteja no próprio CPM.

O Hubble foi colocado em órbita pelo ônibus espacial Atlantis, em 1990.O Hubble foi colocado em órbita pelo ônibus espacial Atlantis, em 1990.Fonte:  NASA/Divulgação 

Nos próximos dias, a equipe realizará novos testes para tentar isolar ainda mais o erro e apontar uma "solução potencial". Nesta etapa, será possível verificar qual hardware ainda está funcionando corretamente e mudar para o STINT e o CPM do computador de backup, se não for possível religar o computador de carga útil.

Troca pode demorar vários dias

Caso seja necessário mudar para os hardwares do computador de backup, o procedimento deve demorar vários dias para ser finalizado, conforme a NASA. Todas as etapas já foram testadas pela equipe em solo, que está preparada para agir.

A demora acontece porque os operadores precisam avaliar o desempenho do dispositivo de reserva antes de restaurar as operações científicas. Outro detalhe é que o computador de backup não foi ligado desde a sua instalação, em 2009.

Enquanto os reparos não são realizados, os instrumentos de coleta de dados e captura de imagens do velho telescópio, lançado em 1990, seguem desligados.

NASA ainda não corrigiu falhas que desligaram o telescópio Hubble