Rússia ameaça sair da Estação Espacial Internacional

1 min de leitura
Imagem de: Rússia ameaça sair da Estação Espacial Internacional
Imagem: NASA/Reprodução
Avatar do autor

O diretor da agência espacial da Rússia (Roscosmos), Dmitry Rogozin, ameaçou abandonar o projeto da Estação Espacial Internacional (ISS) caso as sanções atualmente aplicadas pelos Estados Unidos não sejam eliminadas.

Segundo a CNBC, a Rússia está disposta a sair da ISS e realizar apenas projetos próprios ou em parcerias com a China. A remoção do atual voto de desconfiança mantido pelos EUA, entretanto, pode fazer com que as partes cheguem a um acordo.

A briga começou a partir de dezembro de 2020, quando a administração de Donald Trump listou duas empresas espaciais russas como suspeitas de manter laços militares com o governo de Vladimir Putin.

Por isso, a JSC Rocket and Space Center Progress e a JSC Central Research Institute of Machine Building (TsNIIMash) agora só podem operar internacionalmente após conseguir uma licença especial. O governo russo ainda foi acusado de comandar um projeto de arma antissatélites, inclusive com lançamento de uma unidade ao espaço.

Projetos solo

Entre os planos, além da base lunar com a China, a Rússia planeja uma missão até Júpiter com nave movida a energia nuclear e construir a sua própria estação espacial.

EUA e Rússia agora também brigam para saber quem fará a primeira filmagem de um longa-metragem no espaço.

Fontes

Rússia ameaça sair da Estação Espacial Internacional