Toda a população de SP será vacinada até dezembro, diz Doria

2 min de leitura
Imagem de: Toda a população de SP será vacinada até dezembro, diz Doria
Imagem: Reprodução
Avatar do autor

Em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira (31), o governador de São Paulo João Doria afirmou novamente, "com toda a ênfase e segurança", que, até dezembro deste ano, toda a população vacinável do estado – pessoas com 18 anos ou mais – estará imunizada contra a covid-19. "Não posso responder pelo Brasil, mas [por SP] reafirmo este compromisso", disse o político.

A declaração ocorreu junto ao pronunciamento do Instituto Butantan sobre um estudo que registrou queda de fatalidades mesmo entre aqueles que não receberam a CoronaVac na cidade de Serrana (SP), cujo programa de vacinação em massa de 95% dos habitantes "criou um cinturão imunológico de proteção", resultando em redução de 80% de casos sintomáticos, de 86% de hospitalizações em decorrência da doença e de 95% dos óbitos atribuídos ao novo coronavírus.

"Acho que reforça, sem nenhuma dúvida, que a vacina é muito segura. Essa vacina é extremamente segura", destacou Marcos Borges, diretor do Hospital Estadual de Serrana, ainda que dados brutos a respeito do cenário não tenham sido apresentados. De acordo com o levantamento, a pandemia pode ser controlada com 75% da população adulta vacinada.

Gerenciamento de crise

Contabilizando mais de 17 milhões de vacinas aplicadas, segundo dados do governo, São Paulo acumula cerca de 5,8 milhões de pessoas imunizadas com duas aplicações (12,28% da população paulista) – e, para cumprir a promessa, Doria indica que pretende adquirir 30 milhões de doses adicionais da CoronaVac, a serem distribuídas pelo Programa Estadual de Imunização (PEI).

Já em relação à campanha nacional, problemas de fornecimento de matéria-prima importada na China, que também afeta a produção da substância Oxford/AstraZeneca, desaceleraram o andamento da administração de substâncias – e o último fim de semana foi marcado por protestos em todo o país, com críticas direcionadas à gestão da pandemia do Governo Federal, alvo de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) relacionada ao assunto.

"O que está previsto, baseado no que está acontecendo, pode estimar ao final de setembro, começo de outubro, a vacinação de 50% dos brasileiros, mas estaremos distantes dos números de Serrana. Mas isso é uma previsão com base no ritmo atual e na estimativa de vacinas", ressaltou Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan.

Protestos contra o Governo Federal ocorreram em todo o país no último fim de semana.Protestos contra o Governo Federal ocorreram em todo o país no último fim de semana.Fonte:  Reprodução/Mídia Ninja 

Com apenas 10,42% da população brasileira vacinada com duas doses até ontem (30), o país chegou a um total de 16,5 milhões de casos de covid-19 desde o início da pandemia e mais de 462 mil mortes na data de hoje.

Fontes

Toda a população de SP será vacinada até dezembro, diz Doria