NASA grava sons do helicóptero Ingenuity voando em Marte

1 min de leitura
Imagem de: NASA grava sons do helicóptero Ingenuity voando em Marte
Imagem: NASA/Divulgação
Avatar do autor

A NASA divulgou, nesta sexta-feira (7), uma gravação feita pelo rover Perseverance na qual é possível ouvir os barulhos gerados pelos rotores do helicóptero Ingenuity enquanto ele voa em Marte. É a primeira vez que uma espaçonave registra os sons de um veículo espacial separado em outro planeta.

Gravado durante o quarto voo do Ingenuity no Planeta Vermelho, em 30 de abril, o áudio foi captado por um dos dois microfones instalados no rover. Ele funciona acoplado ao laser SuperCam, cujos raios são disparados em rochas do solo marciano, auxiliando no estudo das propriedades químicas destas pedras.

Estacionado a 80 metros de distância do local da decolagem e do pouso, o Perseverance também gravou o deslocamento do pequeno helicóptero naquele dia. As imagens e a trilha de áudio foram reunidas em um mesmo arquivo, no vídeo abaixo, divulgado agora pela NASA:

De acordo com a agência espacial americana, é preciso ouvir com atenção para notar os sons da hélice do Ingenuity, pois o microfone também captou alguns barulhos gerados pelas rajadas de vento em Marte. Para tornar a gravação mais fácil de ouvir, foi necessário editar o arquivo de áudio, cortando algumas frequências.

A importância da gravação

A equipe responsável por operar o microfone do dispositivo SuperCam comemorou o sucesso na gravação dos sons do Ingenuity. Nas simulações feitas pelos pesquisadores, o áudio mal foi captado devido às características da atmosfera de Marte, que dificultam a propagação do som.

“Essa gravação será uma mina de ouro para entender a atmosfera marciana”, comentou o professor de ciências planetárias do Instituto Superior de Aeronáutica e do Espaço em Toulouse (França) David Mimoun, que chefia o time de controle do equipamento.

O quinto voo do Ingenuity em Marte está programado para ocorrer nesta sexta-feira. Ele deve refazer o percurso anterior, de 129 metros de distância, e a equipe da missão tentará colocá-lo a 10 metros de altura para registrar mais fotos do Planeta Vermelho.