Elon Musk diz que várias pessoas morrerão nas missões em Marte

1 min de leitura
Imagem de: Elon Musk diz que várias pessoas morrerão nas missões em Marte
Imagem: Forbes/Reprodução
Avatar do autor

Elon Musk afirmou que “inúmeras pessoas provavelmente morrerão” durante a corrida espacial para exploração, e possível ocupação, de Marte. O fundador da SpaceX fez o comentário durante uma conversa com o presidente executivo da X Prize Foundation, Peter Diamandis.

“Você pode morrer, será desconfortável e provavelmente não terá boa comida”, afirmou Musk. “Será uma jornada árdua e perigosa, da qual você pode não voltar vivo, mas também será uma aventura gloriosa”, completou com uma risada. Durante a conversa, o CEO reconheceu que essas missões “não são para qualquer um” e frisou que o projeto conta com voluntários que, apesar do perigo, decidiram colaborar.

A conversa, que durou mais de uma hora, foi publicado neste fim de semana no canal XPRIZE. Confira na íntegra:

Colonização de Marte

A SpaceX lançou, ao longo da última década, mais de 100 foguetes como parte do esforço de tornar a Lua e Marte habitáveis para os humanos. Em 2015, o executivo revelou suas intenções de construir uma cidade no local e, dois anos depois, ele publicou um artigo sobre seu plano de transformar os humanos em uma espécie multi-planetária estimando que 1 milhão de pessoas morariam em Marte.

Embora inúmeros lançamentos tenham dado errado, Musk afirmou em dezembro do ano passado que até 2026 os humanos poderiam visitar o Planeta Vermelho. Vale lembrar que a ideia de colonização de Marte como forma de manutenção da humanidade é defendida por outros bilionários, incluindo Jeff Bezos. 

A ideia, contudo, não é bem vista por todos. Em uma recente entrevista ao podcast Sway do The New York Times, Bil Gates criticou o projeto e afirmou que é preciso concentrar esforços na resolução de problemas da Terra em vez de pensar em ir a outro planeta.