Blue Origin adia voo inaugural do foguete New Glenn para 2022

1 min de leitura
Imagem de: Blue Origin adia voo inaugural do foguete New Glenn para 2022
Imagem: Blue Origin/Reprodução
Avatar do autor

Programado originalmente para acontecer até o final deste ano, o primeiro voo do foguete New Glenn, da Blue Origin, foi adiado, conforme anúncio da companhia divulgado nesta quinta-feira (25). O motivo é a perda de um aguardado contrato que seria feito com a Força Espacial dos Estados Unidos.

Em comunicado, a empresa de Jeff Bezos afirmou que a programação de lançamento do New Glenn foi “refinada para atender à demanda dos clientes comerciais”, passando a ter como meta o quarto trimestre de 2022. Ou seja, o voo inaugural deverá acontecer com cerca de um ano de atraso.

Ainda conforme a Blue Origin, a mudança na programação foi motivada pela decisão da Força Espacial de não selecionar o foguete para o lançamento de missões relacionadas à defesa nacional dos EUA. Os dois contratos, cada um no valor de US$ 300 milhões, acabaram sendo destinados à SpaceX e à United Launch Alliance.

O New Glenn será capaz de decolar em 95% das condições climáticas.O New Glenn será capaz de decolar em 95% das condições climáticas.Fonte:  Blue Origin/Divulgação 

Mesmo com a alteração, a companhia aeroespacial segue trabalhando na reconstrução do Complexo de Lançamento 36 (LC-36) em Cabo Canaveral, na Flórida, onde afirma já ter investido mais de US$ 2,5 bilhões. Próximo à plataforma, fica a fábrica onde o foguete está em processo de montagem.

Homenagem ao primeiro astronauta americano

Apresentado por Bezos em setembro de 2016, o New Glenn foi nomeado assim em homenagem ao astronauta da NASA John Glenn, o primeiro norte-americano a entrar em órbita, em fevereiro de 1962.

Ele consiste em um foguete reutilizável de dois estágios, com 7m de diâmetro. Quando estiver finalizado, será capaz de transportar cargas úteis pesadas (limite de 45 toneladas) e pessoas até a órbita da Terra, um avanço em relação ao New Shepard, outro veículo de lançamento da Blue Origin.

O primeiro estágio, que se separa do estágio superior alguns momentos após o lançamento, pousando em uma plataforma móvel no mar, poderá ser reutilizado em pelo menos 25 missões.

Blue Origin adia voo inaugural do foguete New Glenn para 2022