Parece que, da mesma forma que os sensores biométricos e os óculos de realidade virtual se tornaram os queridinhos do mercado de tecnologia por um tempo, agora é a vez dos assistentes pessoais para a sua casa. Depois de Amazon, Google e até Apple, pode ser a vez de a Samsung entrar no seu lar com um gadget que abriga todos os recursos da Bixby – a assistente de voz que acompanha a dupla Galaxy S8 e S8+.

O cenário atual da categoria é bastante disputado. O Amazon Echo, por exemplo, em conjunto com a Alexa, se gaba de ser um dos pioneiros da categoria e de ter um dos sistemas mais bem desenvolvidos e com a experiência mais fluida do setor. O Google Home, por sua vez, integra o Google Assistant a todo o ecossistema de produtos e serviços da Gigante das Buscas. Enquanto isso, a Apple toma um caminho diferente ao anunciar o HomePod, durante a WWDC 2017, como um gadget especializado na reprodução musical inteligente.

O HomePod, da Apple, é o mais novo concorrente da categoria

Com tudo isso, o que sobra para a sul-coreana? Um bom filão, se ela for rápida o suficiente para aproveitá-lo. Para começar, a empresa já tem um dispositivo como esses agendado para chegar ao mercado até o final deste ano, graças à aquisição recente da Harman Kardon. Estamos falando do Invoke, um alto-falante smart que trabalha junto da Cortana – a assistente virtual da Microsoft –, tem som 360º, capacidade de fazer e receber chamadas e mais uma série de funcionalidades das concorrentes.

O Invoke é estiloso e tem o selo Harman Kardon

Com isso em mãos, bastariam alguns ajustes para que a Samsung possa ter em mãos o melhor de dois mundos para bater de frente com suas adversárias: uma boa inteligência artificial e uma tecnologia de áudio impecável. Já há rumores – e até uma patente na Coreia do Sul – de um gadget nos moldes de outros speakers com a Bixby, indicando que esse é um caminho natural para a marca. Além disso, fica difícil ter uma qualidade de som ruim em um aparelho que pode contar com todo o know-how e com os recursos da Harman Kardon, não é?

Atraso técnico

A Bixby ainda não ganhou suporte oficial ao inglês

No papel, tudo funciona muito bem, certo? O problema atual com isso tudo é que a assistente pessoal da casa ainda está longe de ter a mesma abrangência dos concorrentes. A Bixby ainda não ganhou suporte oficial ao inglês, por exemplo, algo que inviabiliza um projeto mais ousado e em escala global de um Bixby Speaker. Será que a Samsung consegue correr com isso para abocanhar uma fatia desse mercado ou teremos que esperar até 2018 para vermos algo do tipo vindo da empresa? Deixe a sua opinião mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: