Com a ascensão dos smartphones, usar teclas virtuais para digitar mensagens de texto se tornou algo comum para milhões de pessoas. Por mais que tenham abandonado a resposta tátil oferecida pelos dispositivos físicos, essas soluções normalmente adotam layouts conhecidos para facilitar seu uso.

No entanto, há quem considere essa solução pouco adequada às telas de toque e às demais tecnologias disponíveis em dispositivos portáteis. Seja usando layouts diferenciados ou se aproveitando de comandos por gestos, alguns teclados virtuais querem reinventar totalmente a maneira como escrevemos textos.

Neste artigo, apresentamos alguns exemplos de aplicativos que mudam completamente a forma como interagimos com nossos gadgets. Confira nossa seleção e, após a leitura, não deixe de registrar em nossa seção de comentários sua opinião sobre os aplicativos selecionados.

The 8pen

Baseado em gestos, o aplicativo The 8pen se aproveita da maneira natural como as mãos se movem quando restritas ao espaço oferecido pela tela de um smartphone. Segundo os desenvolvedores, a solução tem como o objetivo acelerar a escrita — para isso, ela agrupa as sequências de letras mais comuns de forma a permitir uma experiência fluida e suave.

Embora seja um projeto relativamente antigo, atualmente o app não está mais disponível para download. Segundo seus desenvolvedores, isso se deve ao fato de que ele está sendo reconstruído do ponto inicial de forma a abarcar não somente dispositivos mobile, como também controles de video game e dispositivos como o Leap Motion.

HERO Keyboard

Autopromovido como “o teclado mais eficiente do mundo”, o HERO abandona o design QWERTY tradicional e propõe uma alternativa que julga ser melhor em seu lugar. Com um visual circular, o aplicativo concentra em sua área central as teclas que são mais usadas de forma a permitir o acesso fácil a elas usando o dedo opositor.

Atualmente, os desenvolvedores do aplicativo o disponibilizam exclusivamente para o iPhone, com planos de trazê-lo em breve para outras plataformas. Para isso, eles criaram uma campanha no site de financiamento Kickstarter que visa acumular US$ 10 mil necessários para continuar o processo de desenvolvimento.

MessagEase Keyboard

Com a promessa de agilizar o processo de escrita, o MessagEase Keyboard apresenta um agrupamento ligeiramente diferenciado de letras que permite acessá-las somente com um dedo. Junto a um sistema de previsão de palavras, essa solução promete ser mais confortável e ágil do que qualquer teclado QWERTY do mercado.

Os desenvolvedores do app reconhecem que é necessário certo tempo para se adequar ao formato diferenciado que é apresentado, mas prometem que, após fazer isso, você nunca mais vai querer voltar atrás. Segundo eles, uma pessoa acostumada ao design é capaz de digitar até 82 palavras por minuto de forma extremamente natural.

CrossTap

Atualmente existente somente como um protótipo, o CrossTap pretende ser o software de digitação universal do futuro. Imaginado tanto para plataformas mobile quanto para video games — e até mesmo volantes de carro —, o software funciona a partir de toques e arrastões em duas grades, cada uma delas controlada por um dedo opositor.

Para ter ideia da ambição por trás do projeto, seu criador quer bolar uma maneira de toda palavra em inglês ter um gesto correspondente no aplicativo. Infelizmente, parece que são poucas as chances de podermos testar a solução em breve — faltando seis dias para o fim de sua campanha no Kickstarter, o CrossTap conseguiu somente aproximadamente US$ 4 mil dos US$ 72 mil necessários para ele se tornar uma realidade.

Graffitti

Usando como base o sistema de escrita dos antigos assistentes pessoais da Palm, o Graffitti interpreta os desenhos que você faz com a ponta dos dedos e os transforma em letras. Apesar de não ser exatamente inovadora, a solução pode se mostrar mais confortável para algumas pessoas do que digitar na tela de seus dispositivos.

O app também oferece uma área de interação destinada especificamente ao trabalho com números, evitando confusões na hora de escrever um texto. O software possui um sistema que aprende a maneira como você escreve, preenchendo de forma automática lacunas e adicionando letras maiúsculas quando necessário.

Chorded Keyboard

Além de inventar o mouse como o conhecemos, Douglas Engelbart imaginou uma maneira diferente de digitar baseada em acordes de piano. Embora sua ideia nunca tenha ganhado popularidade, ela continua sendo apreciada por algumas pessoas — o que resultou na criação do padrão GKOS, a partir do qual vários softwares foram criados.

O layout da solução pode parecer um tanto complicado: tocar sobre um botão faz com que a letra correspondente seja digitada, enquanto segurá-lo faz com que as funções dos demais botões virtuais sejam alteradas. Caso você esteja disposto a reaprender a maneira como interage com seus textos, pode testar a solução através do ComboKey Keyboard (para Android) e do Chorded Keyboard – GKOS (para iOS).

Dextr

A principal diferença do Dextr em relação a outros teclados virtuais é o fato de ele não adotar o padrão QWERTY, exibindo letras em ordem alfabética. Segundo os desenvolvedores, o aprendizado rápido garantido por essa solução permite que os usuários escrevam textos de maneira muito mais rápida que o normal.

O software também apresenta um espaçamento maior que o convencional (o que facilita o uso com dedos opositores) e um sistema de predição que acelera a escrita de palavras e frases completas. Entre as diversas opções de layout inclusas no app, se destacam aquelas focadas em pessoas canhotas.

FlickKey Keyboard

Com um layout similar ao do padrão QWERTY, o FlickKey favorece o uso de pequenos “deslizes” que substituem o pressionamento de botões virtuais. Além de contar com versões para Android e iOS, o aplicativo se destaca por ser uma das poucas soluções do tipo que já estão adaptadas aos smartwatches.

Embora o conceito pareça assustador em um primeiro momento, é fácil se acostumar ao modo de funcionamento do aplicativo. Caso você tenha dificuldades, o software dispõe de um sistema de predição de palavras que deve facilitar o processo de adaptação e a criação de novos textos.

EZ Gesture Keyboard

Outro aplicativo que promete acelerar o processo de digitação, o EZ Gesture utiliza um sistema que parece misturar o reconhecimento de gestos com o processo de escrita manual. Usando como base nove círculos, o aplicativo permite associar diferentes movimentos à mesma letra de forma a facilitar o processo de composição de mensagens.

Assim como os demais métodos alternativos apresentados aqui, a adaptação ao software pode ser um tanto difícil dependendo de suas preferências pessoais. Para facilitar um pouco esse processo, os desenvolvedores do app oferecem uma tabela que ajuda a aprender pelo menos como usar o alfabeto convencional.

KeyZag Keyboard

Quem procura uma alternativa com características mais familiares (e tem dedos grandes) pode achar uma boa ideia usar o KeyZag Keyboard. O aplicativo mostra a sequência de letras do padrão QWERTY na forma de um zigue-zague — o que, segundo o desenvolvedor, possibilita digitar de maneira mais confortável.

O design diferenciado tem como objetivo compensar os problemas causados pelas dimensões limitadas das telas de dispositivos mobile. O software possui suporte a todas as línguas baseadas nos alfabetos latino, arábico, cirílico, hebreu e hindu, além de contar com uma vasta seleção de emoticons.

MyScript Stack – Handwriting Keyboard

Desenvolvido para iPhone, iPod e iPad, o MyScript Stack oferece uma alternativa  para aqueles que querem usar a escrita manual para interagir com esses aparelhos. A promessa do app é oferecer o reconhecimento rápido de gestos, com direito a sugestões de palavras completas baseadas nas letras iniciais que você escreveu.

Ao possibilitar que você sobrescreva letras, o aplicativo se propõe a oferecer uma solução mais rápida que alternativas semelhantes. Para completar, o app usa um sistema de gestos próprio que possibilitam criar quebras de linha, apagar palavras e inserir espaços, entre outras ações.

Cupons de desconto TecMundo: