A Apple realizou na tarde de ontem na cidade de San Francisco, na Califórnia, a sua última conferência de 2013. No palco o CEO da empresa, Tim Cook, abriu o evento falando sobre os números da companhia. Ele agradeceu aos consumidores pelo recorde de vendas de iPhones, no mês de setembro, quando no final de semana de lançamento foram vendidos 9 milhões de unidades.

Além disso, Tim Cook comemorou o fato de a App Store ter atingido a marca de 1 milhão de apps, sendo 450 mil exclusivos para iPad. Juntos, eles renderam aos desenvolvedores mais de US$ 13 bilhões.

Sistema operacional e aplicativos gratuitos

A primeira novidade do evento foi a disponibilidade gratuita do Mavericks OS X, o sistema operacional para Mac. A atualização pode ser feita gratuitamente por todos aqueles que já possuam um aparelho da empresa da Maçã.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

As suítes de aplicativos iLife (que inclui o iPhoto, o iMovie e o Garage Band) e iWork (que inclui o Pages, o Numbers e o Keynote) também ganharam atualizações, tanto na versão de iOS quanto na versão de Mac, e passaram a ser gratuitas a partir de agora para quem comprar um novo aparelho da empresa.

Mac Pro e novos MacBook Pro

O Mac Pro, anunciado durante a conferência da Apple em junho, finalmente teve os seus detalhes de hardware revelados. O modelo conta com 2 GPUs e processador Intel Xeon E5 em versões quad-core e hexa-core. A novidade chega às lojas em dezembro, mas já é possível comprá-lo em pré-venda inclusive no site brasileiro. O preço inicial é de R$ 12.999.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Já o MacBook Pro ficou mais leve, mais fino e mais potente. As novas versões vêm com processador Intel Haswell e prometem um desempenho gráfico até 90% mais rápido em relação à geração anterior. Os modelos com telas de 13 e 15 polegadas já estão disponíveis nas lojas. No Brasil os preços variam entre R$ 5.999 e R$ 12.999.

Nasce o iPad Air

Fechando o evento, finalmente foi revelada a grande atração do dia: a atualização do iPad. A versão tradicional do aparelho, com tela de 9,7 polegadas, ficou 1,3 milímetro mais fina, perdendo 43% do tamanho das molduras, além de ficar cerca de 20% mais leve. Em vez de iPad 5, a quinta geração do tablet passa a se chamar iPad Air.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

Com preço variando entre US$ 499 (versão WiFi 16 GB) e US$ 929 (versão WiFi + 4G e 128 GB), os modelos contam agora com o processador Apple A7, o mesmo do iPhone 5S, e chegam às lojas norte-americanas a partir do dia 1 de novembro.

iPad mini com Retina Display

Quem também ganhou novidades foi o iPad mini. A atualização do aparelho conta agora com tela Retina Display e o hardware é exatamente o mesmo do iPad Air. Com isso, o produto exibe uma tela com uma densidade de pixels ainda maior: 324 ppi. Os preços nos Estados Unidos variam entre US$ 399 (versão WiFi 16 GB) e US$ 829 (versão WiFi + 4G e 128 GB). Ainda não há previsão de lançamento dos novos iPads no Brasil.

Confira tudo o que publicamos sobre a conferência da Apple

Cupons de desconto TecMundo: