Na semana passada você conferiu várias notícias relacionadas ao lançamento mais estrondoso do ano: o iPhone 4. E se estava pensando que a Apple iria lançar o aparelho e logo em seguida o assunto cairia no esquecimento, está muito enganado. Dias após o novo smartphone ser divulgado oficialmente, vários tópicos voltaram a ser abertos para discussões sobre ele.

Mas não é só de iPhone que vive a empresa. O “Por dentro da maçã” desta semana traz também algumas notícias relacionadas aos Mac, uma novidade incrível para os gamers que sofrem com o número de jogos não tão grande e também uma curiosidade acerca dos iPads. Se a sua fruta tecnológica favorita é a maçã, acompanhe este artigo e fique por dentro das últimas novidades do mundo da Apple.

E o iPhone 4 continua quente

O novo smartphone acabou de sair do forno, mas já está causando tumulto. A imprensa norte-americana divulgou informações de que o valor do celular para a Apple era de 188 dólares. Levando em consideração que o modelo mais completo é vendido por  299 dólares, a empresa teria lucros de 111 dólares por cada aparelho.

iPhone 4

Fonte: Divulgação

Sabendo que o iPhone 4 vem batendo recordes de venda a cada dia, é possível entender por que o valor de mercado da Apple só cresceu nos últimos anos, chegando até mesmo a ultrapassar a Microsoft.

E por falar em recordes de venda, mais de 1,7 milhão de exemplares foram vendidos apenas nos três primeiros dias de disponibilização dos aparelhos. O modelo anterior (3GS) conseguiu vender “apenas” 1 milhão de aparelhos neste mesmo tempo quando lançado, marca que levou 74 dias para ser atingida pelo iPhone original.

Primeiro comercial

Foi divulgado o primeiro vídeo comercial criado para alavancar ainda mais as vendas do novo smartphone. O foco principal do vídeo é mostrar o novo recurso Facetime, que promete ótimos resultados nas conversas por videoconferência.

Ao que tudo indica, o Facetime garantirá muitas facilidades para quem quiser realizar chamadas de vídeo sem gastar muitos minutos do plano assinado com as empresas de telefonia. O problema é que para a utilização do recurso é necessário que ambos os usuários tenham a nova versão do iPhone.

Outro item do iPhone 4 que vem movimentando as rodas de conversa é o iAd. Esse serviço é metade aplicativo e metade comercial, e funciona da seguinte maneira: navegando pela internet com algum dispositivo equipado com o iPhone OS4, o usuário encontra um banner flutuante.

Ao clicar sobre ele, o usuário é enviado para uma janela interativa onde pode ter várias informações sobre o produto anunciado e também realizar algumas atividades relacionadas a ele. É a interatividade fazendo parte dos anúncios publicitários nas telas sensíveis ao toque.

"Você está segurando errado!": o baile da antena do iPhone 4

Nem todos os frutos do pomar são doces e o fruto podre desta nova geração de smartphones da Apple está nas antenas internas. Muitos dos que já compraram o iPhone 4 estão reclamando por sofrerem com as constantes falhas na recepção do sinal das operadoras de telefonia.

Aparentemente essas falhas ocorrem quando o usuário segura o aparelho com a mão esquerda, o que faz com que a antena seja tapada e, portanto, o sinal seja recebido com péssima qualidade. Uma das maiores rivais da Apple no campo das telecomunicações, a Nokia, até lançou um material de publicidade mostrando que seus aparelhos podem ser segurados de qualquer forma. Pura provocação publicitária.

Provocações da Nokia

Fonte: Blog oficial da Nokia

A própria Apple já admitiu os problemas relacionados ao sinal dos aparelhos, mas ao invés de assumir que as falhas estejam ocorrendo com as antenas, o pronunciamento oficial da empresa diz que o problema está nos cálculos de medição. Em release oficial, a Apple afirma que o sinal nunca chegou realmente a cair, o que acontece é que ele não estava realmente alto e as barras estavam indicando mais sinal do que havia. Estranho.

Mais problemas de hardware

Calma, a única falha técnica apontada até agora é mesmo a antena, mas existe mais um problema de hardware que está incomodando os usuários do iPhone. Trata-se das mãos desajeitadas de algumas pessoas que acabaram deixando o aparelho novinho cair no chão e ter toda a parte traseira destruída.

As leis de defesa do consumidor não obrigam as fabricantes a realizarem trocas de aparelhos danificados devido ao mau uso por parte do comprador, mas segundo a política da Apple, os primeiros 50 iPhones que chegassem às Apple Stores com essa solicitação seriam trocados sem problemas. A partir de agora é bom tomar cuidado, pois os 50 aparelhos já foram substituídos.

Programa de escritório. Finalmente?

A Apple anda craque em deixar vazar informações, o que é ótimo para a imprensa e principalmente para os usuários. Desta vez as informações são referentes ao possível lançamento da suíte de aplicativos para escritório iWork para os portáteis iPhone e iPod Touch.

Imagens do iWork

Fonte: 9to5mac.com

Algumas imagens muito borradas caíram nas mãos da imprensa norte-americana e mostram os softwares Pages, Numbers e Keynote funcionando nas telas dos aparelhos da Apple. Agora há uma divagação que paira no ar: digitar mensagens com o iPhone já é difícil, agora imagine digitar um texto realmente grande com aquele teclado virtual.

Raposas gostam de maçãs?

Para finalizar o bloco de notícias sobre o iPhone, uma que muitos esperavam. É possível que em alguns meses o iPhone ganhe mais um aplicativo aclamado em seu plantel de softwares. E não é qualquer coisa, é o Mozilla Firefox, navegador que mais ganhou fãs nos últimos anos e que é o queridinho da comunidade opensource.

Os desenvolvedores da Mozilla já enviaram o programa para as análises da comissão de avaliação da Apple, agora é esperar para ver se o resultado será uma aprovação ou se teremos de esperar ainda mais para possuir o Firefox instalado nos iPhones e iPods.

Maçãs pelo pomar

Novidades do mundo Macintosh

Chega de reclamar que o Mac não possui a mesma gama de jogos que o Windows. Tanto a Macgamestore quanto o Steam estão com várias promoções para que todos possam comprar jogos bem bacanas a preços bem mais baixos. A Macgamstore está com descontos de até 30% em seus produtos, enquanto o Steam possui jogos aclamados, como o Counter-Strike: Source, por apenas 13,99 dólares.

Velcro neles

Um vídeo viral criado por Jesse Rosten, dono de um iPad, correu o mundo algumas semanas atrás. Esse vídeo mostrava como seria maravilhoso se as duas maiores invenções do mundo (o velcro e o iPad, na opinião do criador) pudessem andar de mãos dadas.

No filme, o velcro está por toda a parte, permitindo que o dono do slate anexe-o em várias superfícies, desde janelas até painéis de carros. Não bastando o sucesso entre usuários de todo o mundo, o vídeo também foi parar no site oficial da Apple. 

Mais vídeo

Outro vídeo que entra no especial Apple desta semana foi criado pelo The Apple Museum, maior acervo de produtos da empresa de Jobs. O filme mostra a evolução dos computadores da Apple desde o lançamento da marca em 1976.