Apple admite uso de mão de obra infantil, rumores sobre o iPad não param de crescer e Steve Jobs decide levar a HTC para o tribunal. Boatos, maçã podre e iPad a mil por hora. O Baixaki virou a maçã de avesso e traz as principais notícias para você.

iTunes Store na nuvem?

Na loja do iTunes, o usuário pode comprar músicas, filmes e seriados de televisão, fazer o download dos arquivos e curtir. No entanto, de acordo com alguns boatos, isso está prestes a mudar.

Rumores afirmam que a Apple estaria desenvolvendo um sistema baseado na nuvem (saiba o que é computação em nuvem), em que o usuário pagaria para assistir a um filme via streaming, como acontece com o Netflix.

O novo projeto, que pode se chamar iTunes Replay, visa facilitar a vida de quem tem pouco espaço de armazenamento. Afinal, 8GB, 16GB e até mesmo os 32GB do iPhone e do iPad é muito pouco para guardar aplicativos, música e filmes.

Filmes via  streaming

 

De acordo com os boatos, a estrutura do novo serviço estaria praticamente pronta e o único obstáculo fica por conta de Hollywood. O iTunes Replay seria restrito ao time de produtos Apple, ignorando os demais tablets, smartphones e gadgets.

Essa exclusividade do serviço parece preocupar os estúdios, mas nada que uma boa negociação não resolva. Apesar de ser uma ótima jogada, o novo serviço baseado na nuvem não foi confirmado e, por enquanto, não passa de um simples boato.

iTunes Replay

Outro fator que endossa o rumor é o novo data center da empresa que fica na Carolina do Norte e tem mais de 45 mil metros quadrados. O projeto custou cerca de um bilhão de dólares. Ao que tudo indica, este grande investimento tem alguma coisa a ver com a nuvem e, quem sabe, com o iTunes Replay. O jeito é esperar!

MacMini pode ser atualizado com HDMI

Os boatos sobre a Apple não param jamais. O assunto da vez é a inserção de uma saída HDMI nos Macs, ainda em 2010 (Saiba o que é HDMI). Um protótipo do novo MacMini vazou e imagens mostram que a saída DVI substituída pelo HDMI. A porta fica logo ao lado do DisplayPort e pode ser a primeira conexão HDMI em um Mac.

MacMini com HDMI

Crédito: Appleinsider.com

A porta facilitaria bastante a vida do usuário que usa o Mac como central de mídia, conectado a um monitor ou televisor. Atualmente, os Macs oferecem saídas DVI ou Mini DisplayPort, o que exige uma série de adaptadores para que se possa conectar o Mac no HDMI.

Junto à nova porta no MacMini - algo que também deve acontecer nos iMacs e Macs Pro -, a Apple deve lançar um adaptador único de DisplayPort para HDMI.

iPhones mais baratos podem ser lançados em junho

O verão norte-americano significa muito mais do que férias escolares e dias ensolarados. É justamente no período entre junho e agosto que Steve Jobs costuma subir ao palco e anunciar as novidades do iPhone.

Já estamos em março e, como já era de se esperar, os boatos estão a mil por hora. Além das novidades no hardware e no visual, o iPhone 4G poderá aliviar no preço.

De acordo com Katy Huberty, analista da Morgan Stanley, o alto preço do smartphone é a principal barreira entre o produto e os consumidores.

iPhones mais baratos

Pesquisas indicam que 88% dos possíveis compradores desistem do iPhone devido ao preço do aparelho em si, enquanto 66% não efetuam a compra por conta do alto custo das operadoras. A analista prevê preços mais acessíveis e a venda de 6 milhões de iPhones só em 2010.

No último mês de junho, Jobs não anunciou apenas os novos iPhones 3GS, mas a redução no preço do iPhone 3G, que hoje sai por US$99. A queda no preço dos smartphones implica um aumento nas compras e, consequentemente, uma fatia de mercado maior para a Apple.

Android ganha mercado

Créditos: Quantcast

De acordo com pesquisas recentes, o iPhone está perdendo mercado para o Android e Steve Jobs não deve estar muito contente com isso.

Vendas de iPhone aumentam no Brasil

Pagar mais de mil reais em um smartphone ainda não é para qualquer um. No entanto, mesmo com o preço nas alturas, a venda de iPhones no Brasil teve um crescimento de 22% em 2009.

Apesar do aumento nas vendas, a participação da Apple no mercado de celulares brasileiro ainda é tímida e fechou o ano com apenas 0.7% do mercado. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Gartner e aponta ainda a Nokia e a LG como marcas dominantes no mercado.

Steam nas portas do pomar

Prepare-se: Portal, Team Fortress, Half-Life 2 e Left 4 Dead podem chegar ao Mac em breve.

Evidências encontradas na nova interface do Steam no Windows indicam que a Valve estaria interessada em trazer o sistema para o Mac. Além disso, quatro imagens de anúncio que relacionam que misturam elementos dos jogos já citados a propagandas da Apple caíram na internet, dando mais força ao rumor. Confira as imagens:

iPod

Get a Mac

Think Different

1984

As propagandas fazem uma divertida brincadeira com o anúncio do iPod, o comercial "Get a Mac", o "Think Different" e até mesmo com o famoso comercial da Apple em 1984. Ainda não há qualquer tipo de confirmação, mas os indícios são grandes. Quem sabe, em breve, você poderá se divertir com grandes jogos também no seu Mac.

iPad

O novo tablet da Apple já foi apresentado e causou grande furor entre fãs da maçã e entusiastas da tecnologia. Mesmo com disponibilidade já confirmada, o iPad continua a gerar rumores e discussões.

Ligações de emergência no iPad

Um desenvolvedor estava brincando com o SDK do iPad quando esbarrou em uma característica inusitada: a possibilidade de fazer ligações de emergência. Mas calma lá! O iPad é um tablet e tablets não fazem ligações, certo?!

Há quem diga que a função encontrada é a apenas uma herança inútil do iPhone OS, em que o iPad SDK foi baseado. Vale lembrar que mesmo com essa descoberta, o iPad definitivamente não possui a função de telefone.

iPad poderá ser comprado a partir de 3 de abril

Alguns gerentes de lojas Apple confirmaram que o iPad será disponibilizado para o treinamento de vendedores e funcionários no dia 10 de março. As lojas terão três semanas para dominar o funcionamento do novo produto, cuja data de venda inicial foi confirmada para o dia 3 de abril. A pré venda será feita a partir do dia 12 de março.

A versão 3G do iPad só poderá ser comprada no final de abril. As vendas do iPad em países como a Austrália, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Espanha, Suiça e Inglaterra também começam na última semana de abril.

Os comerciais sobre o tablet, que vão enaltecer o lado "e-reader" do produto, começam a ser divulgados no dia 15 de março. Para isso, motivo é o que não falta: a categoria "livros" é a maior da AppStore, superando até mesmo a de "jogos".

iPad

Por fim, quem decidir acampar ao lado de uma Apple Store para comprar o iPad, assim como aconteceu com o iPhone em seu lançamento, ganhará um presentinho especial de Steve Jobs.
Pelo menos, é o que reza a lenda.

Penguin demonstra livros interativos para iPad

A Peguin, uma das mais famosas editoras norte-americanas, parece ter gostado da interação oferecida pelo iPad. Nesta semana, a editora divulgou um vídeo mostrando seus livros digitais, que envolvem streaming de conteúdo, áudio, vídeo e muito mais. Todo o material foi desenvolvido em HTML, deixando de lado o famoso formato ePUB. As possibilidades são fantásticas, principalmente para crianças e estudantes. Confira o vídeo:

Editoras estão interessadas pelo iPad

A Associated Press é a agência que fornece boa parte das notícias internacionais aos veículos de comunicação brasileiros e estrangeiros. A agência planeja oferecer um plano de assinatura que acompanha o lançamento de um app especial para o iPad. É muito provável que o acesso às notícias seja gratuito - pelo menos no começo.

Revistas importantes como a Wired, GQ, Vanity Fair, The New Yorker, Glamour e outras não ficarão de fora. A Condé Nest, responsável pelas publicações, já está criando uma estrutura para a venda das revistas no tablet da Apple. Os periódicos estarão disponíveis para compra a partir do mês de abril.

Revistas da Conde Nest

Em termos de jornal, o The Wall Street Journal, um dos títulos mais lidos de todo o mundo, já deu seu parecer: a News Corp, responsável pelo veículo, anunciou o desenvolvimento de um aplicativo exclusivo que permite a leitura do jornal em seu iPad. Ainda de acordo com a empresa, a Apple liberou uma unidade do tablet para que o app fosse testado - algo que normalmente não acontece.

Briga das gigantes

Apple x Nokia

Apple x NokiaNo ano passado, a finlandesa Nokia decidiu processar a Apple por conta da violação de 10 patentes. Steve Jobs não deixou barato e abriu um processo acusando a concorrente a violar 17 outras patentes que pertencem ao pomar. 

Os homens do gelo se irritaram e levaram a discussão para a International Trade Commission (ITC), orgão responsável pelo comércio nos EUA. Esse é o resumo da novela.

As patentes violadas da Nokia estão presentes em quase todos os produtos da Apple. Isso poderia causar um caos gigantesco, já que a ITC pode proibir a venda de determinados produtos em solo americano devido à quebra de patente intelectual.

Tamanho é o rolo que o juiz responsável pelo caso suspendeu temporariamente o caso. Agora resta aguardar as conclusões da ITC e saber qual rumo essa briga deve tomar. Essa guerra ainda vai dar o que falar!

Apple x HTC

Não satisfeita com a briga com a Nokia, a Apple abriu um processo contra a HTC, empresa responsável pelo hardware do Nexus One, smartphone da Google. A acusação é a violação de 20 patentes que envolvem a interface do iPhone e hardware interno.

Google toma partido

Steve Jobs, CEO da empresa, explicou o porque do processo: "Nós podemos apenas observar nossos concorrentes roubando nossas invenções, ou podemos fazer algo sobre isso. Decidimos fazer algo."

A Google se manifestou sobre o caso, dizendo não estar diretamente ligada ao processo, mas interessada em proteger a HTC. Afinal, a empresa acusada pela Apple é uma das principais parceiras no projeto Android. Assim como o caso Nokia x Apple, este processo pode durar longos anos e acabar em pizza.

Maçã Podre

A Apple é uma das principais empresas na área da tecnologia e oferece produtos de boa qualidade e inovadores. No entanto, nem tudo é belo no pomar. Assim como qualquer empresa, a gigante de Cupertino tem seus podres.

Apple admite uso de mão de obra infantil

A Apple admitiu ter utilizado mão de obra infantil em três de suas fábricas asiáticas. De acordo com documentos acessados pelo jornal inglês Daily Telegraph, foram descobertos mais de dez jovens com menos de 15 anos trabalhando nos locais. Os nomes dos fornecedores não foram divulgados.

A Apple também tem fábricas em Taiwan, Singapura, China, Filipinas, Malásia, Tailândia, República Tcheca e nos Estados Unidos.

Apple possui fábricas em outras partes da Ásia

Segundo a Apple, não há mais exploração infantil nas fábricas. Todas elas teriam sido revisadas e pressionadas para funcionar sem que houvesse violação da lei. Há alguns anos, a empresa foi denunciada pela contratação de fornecedores que exigiam que os empregados trabalhassem 70 horas semanais, quando o máximo permitido é 60 horas.

Detectores de Wi-Fi são banidos da App Store

Na semana passada, a Apple exterminou com todo e qualquer app que envolvesse qualquer conteúdo sexual - embora o app da Playboy continue por lá. Agora, o foco é outro. Cupertino está se livrando de todos os apps voltados para a detecção de redes de internet sem fio.

iPhone Wi-Fi

Como de costume, nenhum aviso foi dado e a única explicação foi de que eles faziam uso de frameworks privados.

O próprio iPhone OS é capaz de detectar as redes Wi-Fi disponíveis na área. Contudo, estes apps vão além e mostram a intensidade do sinal, identificam o tipo de chave utilizada (WEP/WPA/WPA2) e o Mac Address. Até segunda ordem, os dectectores de Wi-Fi estão fora da App Store.

Hora de ir às compras!

MacHeist oferece sete aplicativos por US$19.95

O MacHeist é famoso por suas promoções e bundles (grupos) de aplicativos para Mac. Até o dia 9 de março você tem a chance de adquirir sete softwares para o seu Mac por menos de vinte dólares.

Todos os programas são originais e funcionam de forma integral. Normalmente, os sete softwares saem por US$266, mais de dez vezes o valor promocional do bundle.

Além do incentivo à compra de aplicativos, o MacHeist aproveita para fazer uma doação a quem precisa. Do valor pago, 25% vai para uma instituição de caridade escolhida por você. A lista de fundações inclui onze nomes que fazem trabalhos sociais contra a fome, a AIDS, câncer e muito mais. Confira os aplicativos do bundle:

Sete aplicativos a preço de banana

MacJournal
: aplicativo de texto multiuso que pode ser utilizado como caderno, diário e bloco de anotações;

RipIt

: como o próprio nome sugere, um programa para "ripar" CDs e DVDs;

Clips: um gerenciador de clipboard que presta atenção em tudo o que você copia ou cola;

CoverScout: encontre todas as capinhas de álbuns da sua biblioteca de música;

Flow
: transferir arquivos para um servidor FTP nunca foi tão charmoso;

Tales of Monkey Island: piratas e donzelas em perigo rendem inúmeras aventuras na tela do seu Mac;

RapidWeaver : aplicativo voltado para o desenvolvimento de páginas em HTML e CSS;

Atualização de última hora: o MacHeist acaba de tornar o NanoBundle ainda melhor. Foram adicionados três novos aplicativos e o valor permanece o mesmo. Quem já comprou o pacote, poderá fazer o download dos novos programas na página do MacHeist. Os novos softwares são: Tracks, AirBust Extreme, Burning Monkey Solitaire.

Mais 3 aplicativos!

10 aplicativos por US$49.90 na The Mac Sale

Assim como o MacHeist, o The Mac Sale também cria bundles com aplicativos para Mac e os oferece a um preço promocional. Fora da promoção os softwares custaram cerca de US$500, enquanto que no The Mac Sale saem por menos de cinquenta dólares. Saiba quais são os programas da vez:

PathFinder: um Finder turbinado para gerenciar arquivos;

ShoveBox: a gaveta da bagunça, para onde vão todos os seus arquivos e anotações temporárias;

SuperCard: ferramenta de desenvolvimento para quem não sabe nada sobre programação;

The Mac Sale

StoryMill: aplicativo essencial para escritores, capaz de organizar personagens, anotações e capítulos;

MiniOne Racing: jogo de corrida no estilo Mario Kart;

InkBook: tem uma mesa digitalizadora? agora você pode escrever anotações à mão e guará-las no Mac;

VideoConverter Pro: converta vídeos para diversos formatos incluindo iPod e iPhone;

Slideshow: uma boa apresentação de slides não fica só no PowerPoint. Surpreenda sua plateia!

MacGourmet Deluxe: o livrinho de receitas da vovó na era digital;

Finance 6: fique de olho nas finanças e não deixe que o bolso fique vazio.

Uma excelente semana e até a próxima!

Cupons de desconto TecMundo: