(Fonte da imagem: Reprodução/SBNation)

Enquanto fãs de algumas marcas brigam veementemente pelos produtos da companhia, as próprias empresas que são rivais de negócios parecem ter mais acordos informais do que você possa imaginar. Algumas correspondências descobertas neste mês dão conta de um acordo sigiloso envolvendo empresas como a Apple, a Adobe, a Intel e a Google.

Segundo consta em um documento do tribunal de Justiça norte-americano, em 2005 as quatro empresas teriam firmado um acordo verbal em que se comprometiam a não “roubar” funcionários uns dos outros. A política de contratações ia além e a Intel, por exemplo, se comprometia a não contratar nenhum funcionário da Pixar sem a aprovação do CEO do estúdio de animações.

Em um email, Steve Jobs pede ao CEO da Google, Eric Schmidt, que pare de perseguir um engenheiro da Apple, o convidando para trabalhar na companhia. Nas correspondências seguintes, Schmidt se encarrega de pesquisar o que está acontecendo e, depois, afirma ser um caso isolado, pedindo desculpas pelo inconveniente.

Para conferir o documento que mostra um pouco da política de bastidores das grandes empresas, basta clicar neste link e baixar o PDF (em inglês).

Cupons de desconto TecMundo: