A Sony anunciou que está renovando a sua linha de acessório para aparelhos mobile no Brasil lançando dois novos produtos que podem melhorar a experiência de quem está sem espaço de armazenamento ou com pouca autonomia de bateria no celular.

A marca japonesa trouxe um novo power bank de alta capacidade para o país, assim como um novo pendrive que funciona tanto em PCs quanto em smartphones. Há também um novo pendrive comum que agora é fabricado nacionalmente e, por isso, teve o preço reduzido.

Carregador portátil

O novo carregador de bateria CP-V10A, com capacidade de 10.000 mAh, substitui o modelo CP-V10 e pode carregar completamente até quatro vezes a bateria de um smartphone sem precisar ser recarregado. Possui bateria de polímeros e polímeros de íons de lítio e composição de gel híbrido para maior segurança e durabilidade do produto (após 1.000 recargas a bateria mantém 90% da capacidade). Leve e fino, o carregador está disponível nas cores preto e branco, ao preço sugerido de R$ 349,99.

Pen drive para smartphone e tablet

Criado para resolver a falta de espaço e facilitar a transferência de dados entre smartphones/tablets e demais dispositivos USB, o pen drive USM-SA2 tem como grande diferencial ser compatível com equipamentos que rodam sistema operacional Android. Substituto do modelo USM-SA1, o lançamento apresenta novo design e duas portas (mini USB e USB 2.0), permitindo administrar o conteúdo dos aparelhos portáteis através do File Manager/File Commander. Os preços sugeridos são: R$ 89,99 (16GB), R$ 149,99 (32GB) e R$ 269,99 (64GB).

Pen drive tradicional 

Com produção nacional, o novo pen drive USM-M2 traz toda a qualidade e segurança dos produtos Sony pelo melhor custo-benefício. Compatível com diversos dispositivos, como TV, Home Theater, equipamentos de Áudio, DVD/Blu-ray Player e PCs, possui um design diferenciado, pequeno e leve. Os preços sugeridos dos novos pen drives, que substituem a linha importada USM-GM, são: R$ 29,99 (8GB), R$ 45,99 (16GB) e R$ 94,99 (32GB).

Qual é o melhor custo-benefício em carregador portátil no mercado atualmente? Comente no Fórum do TecMundo