Seja em debates entre fanboys ou conversas acaloradas entre amigos com celulares de sistemas operacionais diferentes, a duração da bateria dos iPhones sempre foi um ponto meio que unânime para zoar esse produto da Apple. Ao que parece, a empresa finalmente reconheceu essa pequena “falha” e, como sempre faz, está tentando reverter a situação ao seu favor e, claro, lucrar com isso. Como? Lançando um periférico oficial que simplesmente é uma capinha com bateria extra para o iPhone 6 e o iPhone 6s, o Smart Battery Case.

Para quem acompanha a indústria de tecnologia, o fato de a Apple não ser exatamente fã de outras companhias ganhando um dinheirinho em cima de seus gadgets é bastante conhecido. Assim, apesar de fabricantes terceirizadas desenvolverem itens como esse há gerações do smartphone da Empresa da Maçã, o lançamento de um produto oficial deve roubar uma parcela significativa de aficionados pela marca das soluções “genérica”. Para garantir esse ponto, a gigante colocou um preço bastante competitivo no case: US$ 99 (cerca de R$ 371).

Embora na página oficial do item não haja nenhum tipo de especificação em mAh sobre a potência da bateria contida na capa de proteção, o “calombo” traseiro e os números divulgados pela própria companhia dão a entender que os donos de um iPhone podem utilizar o celular por um bom tempo antes de precisarem procurar a tomada. Na descrição do brinquedinho, é explicado que o Smart Battery Case sobe os valores de conversação para 25 horas, de navegação pela internet (4G) em 18 horas e de reprodução de vídeos a até 20 horas.

Fora a nada discreta corcunda e a base avantajada – que abriga o dock em miniatura para a entrada Lightning, o case se parece bastante com as proteções tradicionais já vendidas pela Apple, inclusive se mostrando bem flexível e sendo disponibilizado nas cores branca e chumbo. Adicionalmente, para que não haja nenhum problema no uso do aparelho, a capa permite normalmente a utilização de câmeras e microfones, não atrapalha que o kit seja acoplado em docks e até traz antenas adicionais ao pacote, mantendo a integridade do sinal e das ligações.

Inteligente, sim

Tudo muito bonito, porém onde está parte smart do equipamento, hein? A peça se integra ao iOS e faz com que o sistema seja capaz de mostrar tanto a porcentagem de bateria original do aparelho como a da capinha, exibindo ambos os indicadores na lockscreen ou na área de notificações. Como somente a Apple tem acesso a esse tipo de API, a probabilidade é que não vejamos produtos terceirizados com algo semelhante tão cedo e também que o próprio Smart Battery Case possa ser refinado com o tempo, adicionando mais funções e recursos.

E você, curtiu a chance de usar um produto oficial da Apple para manter a carga do seu smartphone sempre alimentada ou achou o case muito grandalhão? Prefere ficar com um power bank a tiracolo?Vale notar que, até o momento, não há nenhuma informação se esse tipo de periférico vai ser lançado para as versões Plus dos iPhone mais recentes ou mesmo se chega para smartphones mais antigos da linha.

A zoeira... Ela não perdoa!

É claro que, pouco tempo depois de o brinquedinho ser revelado ao mundo e colocado no e-commerce oficial da Apple, os internautas começaram a sessão de “fritada” em cima do produto – como nos programas humorísticos de roasting nos EUA. A saliente protuberância traseira, capaz de fazer inveja à cantora Nicki Minaj, foi o primeiro alvo da galera no Twitter. O detalhe foi comparado a escolhas de design duvidosas da Empresa da Maçã, como o plug Lightining nada inteligente do Magic Mouse 2 e o modo de recarga não muito prático do Apple Pencil.

Enquanto alguns consumidores disseram de forma direta que o periférico é simplesmente “muito feio”, outros brincaram com a situação e afirmaram que “se você quiser um case que parece ter engolido um iPod Touch, sua procura acabou” ou que, se era para fazer algo do tipo “era melhor terem fabricado um celular um pouco mais grosso”. O fato de o LED indicador de energia estar posicionado na parte interna da capa também gerou dúvidas pertinentes. “Será que esse é um produto troll?”, questionou um colunista do site The Verge. 

Você curte os produtos oficiais da Apple ou se contenta com soluções terceirizadas? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: