As demissões que aconteceram na Sega Networks, a divisão mobile ocidental da empresa japonesa, foram explicadas pela companhia para a GamesBeat e dizem respeito ao objetivo de focar mais em suas franquias próprias, propriedade intelectual que é desenvolvida por estúdios internos.

Não foi confirmado quantos funcionários perderam seus empregos na Sega Networks, mas a empresa informou à GamesBeat que, “em reposta às condições do desafiador e supercompetitivo mercado mobile, a Sega Networks, divisão ocidental mobile da Sega, alterou o foco de suas operações e fez uma redução em sua força de trabalho. Como resultado, nos despedimos de nossos amigos e colegas talentosos da Three Rings Design Inc. juntamente com uma pequena quantidade de equipes na área de publicação da divisão mobile da Sega”.

A ideia da empresa é trazer para o Ocidente jogos que são populares no Japão para concorrer com grandes empresas nessa categoria, como a King e a Supercell. Uma das líderes japonesas, a Sega tem como rivais internos a Puzzle & Dragons e a Monster Strike. O valor do mercado mobile mundial é de US$ 34,8 bilhões, cerca de R$ 130 bilhões, um prato cheio do qual a empresa japonesa certamente vai tentar tirar uma bocada.

Você acha que a Sega vai conseguir o seu lugar no mercado mundial de aplicativos mobile? Comente no Fórum do TecMundo