Algumas pessoas se incomodam em ter que pagar cerca de R$ 95 para adquirir uma Mi Band, a pulseira inteligente da Xiaomi. Outros, não se incomodam em desembolsar US$ 349 (R$ 1,4 mil) pelo modelo mais barato do smarwatch da Apple, mas não suportam a ideia de gastar mais de US$ 10 mil (R$ 40 mil) em um Watch Edition. Todos esses dispositivos, porém, parecem brinquedinhos de criança no quesito preço quando se compara com alguns dos relógios analógicos mais requintados do planeta. Preparou o bolso?

Enquanto os equipamentos inteligentes começam a dar seus primeiros passos em direção ao mercado de produtos de luxo, os marcadores de horas clássicos já ostentam garbo e elegância há muito tempo. Com isso em mente, não fica difícil entender o motivo de um item custar dezenas de vezes mais do que um gadget da Apple banhado a ouro.

Se você não tem medo que o seu G-Shock velho de guerra – sim, aquele da sua infância que é mandado para o conserto periodicamente – veja o nível da concorrência nos modelos de ponta, confira abaixo um Top 10 com os relógios mais caros do mundo. A compilação feita pela Forbes mostra o que é possível vestir no pulso quando centenas de milhares de dólares – ou milhões deles – não são um empecilho para o consumidor.

10. MB&F HM4 Final Edition

Preço: US$ 230 mil (R$ 919,6 mil)

Com um design bastante diferente do convencional, o modelo inspirado nos painéis de aviões e com corpo de titânio é o equipamento mais “modesto” desta lista.

9. Chopard L.U.C Tourbillon Baguette

Preço: US$ 240 mil (R$ 959,6 mil)

Altamente preciso na tarefa de marcar as horas e recheado de pedras preciosas, esse item utiliza uma estrutura mecânica diferenciada para se manter em funcionamento.

8. Jean Dunand Shabaka

Preço: US$ 500 mil (cerca de R$ 2 milhões)

Construído com um design inspirado nos estios egípcios, o relógio da Jean Dunand é um feito da microengenharia, trazendo recursos como pequenos gongos e um calendário bastante robusto – capaz de indicar fases da lua e anos bissextos.

7. Maitres du Temps Chapter One Round Transparence

Preço: US$ 540 mil (R$ 2,1 milhões)

O Chapter One ousou bem mais do que os seus antecessores no final da década de 2000, mas preservou o estilo clássico da marca com duas versões distintas, com apenas 11 unidades cada.

6. Christophe Claret DualTow Night Eagle

Preço: US$ 595 mil (R$ 2,37 milhões)

Apesar de investir nas engrenagens internas aparentes como muitos dos modelos de ponta, essa edição do DualTow se apoiou em um design mais moderno e baseado em cintas para conquistar os colecionadores.

5. George Daniels Co-Axial Chronograph

Preço: US$ 619 mil (R$ 2,47 milhões)

Fruto do lendário relojoeiro britânico George Daniels, esse item único traz funções mecânicas avançadas inventadas pelo próprio profissional – rendendo uma bolada em um leilão realizado em 2012.

4. Bvlgari Magsonic Sonnerie Tourbillon

Preço: US$ 620 mil (R$ 2,48 milhões)

Quando se imagina o motivo de relógios poderem chegar a valores tão astronômicos, o Magsonic Sonnerie Tourbillon é uma ótima e precisa resposta, já que contém nada menos do que 900 peças fabricadas manualmente pelos relojoeiros da Bvlgari.

3. Audemars Piguet Royal Oak Grand Complication

Preço: US$ 742 mil (R$ 2,9 milhões)

Complicado é realmente um termo exato para descrever esse modelo, uma vez que o Grand Complication é a personificação de um dos projetos mais complexos do setor – com um design mais rústico escondendo uma estrutura interna de primeira categoria.

2. Franck Muller Aeternitas Mega 4

Preço: US$ 2,4 milhões (R$ 9,6 milhões)

Esse modelo é basicamente um quebra-cabeça em forma de relógio para os profissionais que precisam montá-lo, já que tem um dos mecanismos mais complexos já desenvolvidos e mais de 1,5 mil peças internas.

1. Patek Philippe 5004T

Preço: cerca de US$ 4 milhões (R$ 16 milhões)

Mesmo sendo vendido na casa dos milhões de dólares, não demorou para que esse item único e exclusivo fosse arrematado via leilão. Com um visual mais casual/esportivo – mas sem perder o charme clássico – o modelo de titânio da série Patek Philippe 5004 é o atual campeão na categoria estilo e preço.

--

Para grande parte de nós, pobres mortais, a grana requerida para levar um desses para casa é facilmente maior do que se gasta na compra de uma casa em si. Porém, como se tratam de edições únicas ou limitadas de relógios – todos com nomes diferenciados e cheios de pompa –, dificilmente algum desavisado vai adquirir uma vida toda de dívidas comprando um brinquedinho como esses por engano, não é?

Qual é o seu limite para gastar com a compra de um novo relógio? Comente no Fórum do TecMundo!