A disputa entre PC e consoles sempre foi sadia, digna de pipoca e de camarote a quem acompanha o mercado de perto. Uma plataforma alavanca a outra, e a concorrência sempre se mostra bem-vinda nesse cenário. Esse e outros aspectos foram amplamente discutidos no coquetel de lançamento de Rise of the Tomb Raider para PC na última quarta-feira, 27, no escritório da NVIDIA, em São Paulo, em evento no qual o TecMundo esteve presente.

Presentes na ocasião estavam os executivos da NVIDIA, incluindo Richard Cameron, responsável pelas operações da gigante no Brasil. De acordo com o chefão, a empresa e a Crystal Dynamics/Square Enix se uniram para trazer uma versão ainda mais otimizada da nova aventura de Lara Croft aos computadores, num game completamente desenvolvido para usufruir de todos os recursos da plataforma GeForce e da linha GTX.

Por falar em GeForce, foi exatamente esse detalhe que Cameron endossou: ele quer que as pessoas não vejam a marca apenas como um componente, uma placa de vídeo, e sim como uma plataforma completa.

Crise? Não para os games

Um ângulo interessante de se observar no cenário conturbado que nosso país atravessa é exatamente o terreno dos games e do PC. Ainda que o poder aquisitivo do brasileiro tenha encolhido e que, como consequência disso, há menos consumo, o mercado de PCs, incluindo hardware e software, segue muito bem, principalmente quando a peneira é canalizada em games.

“Nossos consumidores são cada vez mais numerosos. Apesar da crise, temos um bom posicionamento no mercado e um ranking muito bom no Brasil, considerando a escala mundial. O país já chegou a estar no terceiro, quarto lugar mais forte no mercado de PCs. Queremos que vocês vejam a GeForce não apenas como um componente do computador, mas sim como uma plataforma completa. Os brasileiros são exigentes e compram [PC] para jogar. Crise no mercado de informática? Não estamos no mercado de informática, estamos no mercado de games”, declarou Cameron em pronunciamento no escritório da companhia na capital paulista.

Rise of the Tomb Raider no PC: coisa linda

O encontro foi organizado pela NVIDIA e Square Enix com apoio da Acer. Rise of the Tomb Raider estava disponível em sua máxima qualidade gráfica na ocasião, com suporte a resolução 4K e quadros de animação absolutamente otimizados pelos monitores G-Sync.

O evento contou também com a participação das fabricantes parceiras ASUS, EVGA, Galax, Gigabyte, MSI, PNY, Zogis e Zotac.

Nós publicamos uma notícia com imagens fresquinhas – e maravilhosas – de Rise of the Tomb Raider no PC. Clique aqui para conferir o material. Também daremos um parecer da versão do game no PC em breve. Fiquem ligados!

Você acha que a GeForce é a plataforma definitiva para jogos no PC? Comente no Fórum do TecMundo.