De forma geral, os nova-iorquinos sabem que sempre que um novo grande arranha-céus é erguido na cidade, significa que um novo bloco de cimento e vidro altíssimo deve bloquear alguma vista local e ser visitado apenas a gente rica o suficiente para pagar centenas de milhões de dólares por um apartamento. Um arquiteto dinamarquês, no entanto, tem outros planos para a região e pretende construir em Manhattan um edifício que contribua para a vizinhança e traga mais verde para o local.

Fazendo parte de um conjunto de empreendimentos imobiliários na área de Hudson Yards, o The Spiral (A Espiral) é um edifício projetado para ter 65 andares e abrigar todo tipo de escritório e empresa que quiser se aproveitar da localização privilegiada e, claro, das vantagens trazidas pela construção. A ideia de Bjarke Ingels, autor da obra, é que o novo prédio traga uma série de jardins suspensos, interligados como se fossem cascatas, que serpentearão a parte exterior da torre de cima a baixo.

De acordo com o profissional, o design pensado para o edifício vai na contramão do que se vê normalmente em construções comerciais. Em vez de janelas cerradas com vidros escurecidos e a iluminação interna que, combinados, passam a impressão de que você nunca sabe se é dia ou noite lá fora – assim como nos shopping centers –, o The Spiral estimula o trabalhador do local a dar um passo para fora, curtir o verde e respirar ar puro. Tudo isso, claro, com uma ótima vista da ilha e de seus arredores.

Ingels diz que o prédio foi pensado para as pessoas que passarão boa parte de seu dia a dia ali, explicando que esse é o motivo de haver terraços externos em cada andar e de eles serem conectados uns aos outros – de forma ininterrupta. Além das vantagens para quem vai trabalhar no novo arranha-céu, o visual externo e bem inusitado do Spiral tem a chance de mudar a percepção dos nova-iorquinos sobre esse tipo de empreendimento, principalmente se estiver aberto a visitas do público e trouxer um espaço livre para a comunidade ao seu redor.

Sua cidade possuiu um prédio com verde e aberto ao público? Comente no Fórum do TecMundo!