Japão pretende parar de usar energia nuclear até a década de 2030

Mudança vai ser gradativa e foi apoiada pela população e por políticos japoneses.
  • Visualizações1.735 visualizações
Por Rafael Gazzarrini em 14 de Setembro de 2012

Japão pretende parar de usar energia nuclear até a década de 2030Desastre em 2011, no Japão. (Fonte da imagem: Reprodução/Essaseoutras)

Nesta semana, o Japão anunciou que pretende banir o uso da energia nuclear gradativamente — processo que terminaria na década de 2030. Ainda não foi revelado qual modelo vai passar a substituir o nuclear, mas especula-se que ele vai ser anunciado em breve.

Essa mudança é bem significativa, principalmente porque o governo japonês tinha a pretensão de que as usinas nucleares gerassem 50% da energia consumida pelo país até 2030. Contudo, desastres como os que aconteceram em 2011 precisam ser evitados a qualquer custo.

A iniciativa foi do Partido Democrata do Japão — unidade política a qual é afiliado o primeiro-ministro Yoshihiko Noda. Além disso, a decisão teve grande apoio popular, pois os japoneses querem que a energia nuclear seja substituída o quanto antes.

No entanto, os empresários do país oriental estão receosos, já que a troca de técnica pode aumentar de maneira significativa o preço da energia, o que influenciaria de maneira negativa a economia do Japão.

Fonte: OilPrice



Viu algum erro ou gostaria de adicionar uma sugestão para atualizarmos esta matéria?
Colabore com o autor clicando aqui!