O doutorando em eletrocomunicações Shogo Fukushima, da Universidade de Tóquio, criou uma invenção de dar calafrios, literalmente. Com a ajuda de um dispositivo especial, ele consegue eriçar os pelos do braço de uma pessoa, potencialmente aumentando a sua reação emocional a diversos estímulos.

A partir daí, Fukushima criou uma cadeira especial equipada com o dispositivo, que utiliza estímulos elétricos para levantar os pelos do braço das pessoas. Disponível na SIGGRAPH, evento especial de tecnologias interativas realizado na cidade de Los Angeles, a equipe do Innovation News Daily testou o equipamento e confirmou a sua eficácia.

Antes da SIGGRAPH, Fukushima havia testado sua invenção em um pequeno grupo de voluntários. Enquanto metade deles foi exposto a sons altos repentinos e imagens enquanto estavam sentados na cadeira, a outra metade recebeu os mesmo estímulos em condições normais. Aqueles que estavam com os pelos do braço eriçados tiveram sustos maiores.

Apesar da “cadeira do calafrio” ainda precisar de mais alguns testes, Fukushima se mostra bastante contente com os seus resultados, que diz serem promissores. Isso porque a invenção poderia ser utilizada em cinemas, para intensificar a sensação de medo em filmes de terror, ou mesmo em casa para uso pessoal.

Fonte: Innovation News Daily

Cupons de desconto TecMundo: