Mesmo com smartphones que trazem câmeras cada vez mais poderosas e versáteis, muitas pessoas não dispensam o uso de uma boa máquina fotográfica digital para registrar diversos momentos de suas vidas.

Para quem busca uma compacta de qualidade, com recursos manuais e design funcional e bonito, a Canon PowerShot G16 é uma excelente compra. Diferentemente das opções mais básicas da linha PowerShot, a linha G da fabricante japonesa é voltada para os fotógrafos profissionais e amadores que desejam ter imagens incríveis com aparelhos menores.

Confira a análise do TecMundo com tudo que esta pequena notável tem a oferecer!

Qualidade de imagem com tamanho compacto

Não deixe o tamanho supercompacto da G16 o enganar. Esta câmera de 12 megapixels pode oferecer qualidade de imagem e muitas possibilidades para os entusiastas da fotografia, e isso se deve a dois fatores principais: o tamanho do sensor CMOS e a abertura da lente utilizada.

O sensor presente na G16 é maior do que o das câmeras compactas comuns, com um CMOS de 7.6 mm x 5.7 mm, enquanto a maioria das opções “point and shoot” ficam na faixa de 6.17 mm x 4.55 mm. Apesar de não ser uma diferença tão grande, o sensor maior garante mais nitidez e versatilidade.

Já a lente tem alcance equivalente a 28-140 mm, que é um valor de zoom razoável — sem dúvidas, esta não é uma câmera para quem busca um alcance avançado de zoom. Mas sua grande característica está na abertura, que varia de F/1.8 a F/2.8. Estes números generosos significam que temos uma lente muito clara e ideal para quem adora trabalhar com a profundidade de campo, desfocando o fundo da foto. O efeito garante uma textura incrível, e o ganho de luz é muito importante.

Ruído em baixa iluminação, mas com modo manual e macro avançado

Com uma lente tão clara e sensor acima da média para câmeras pequenas, esperávamos um pouco mais das imagens noturnas da G16. Mesmo com ISO que chega até 12800 e uma boa abertura da lente, as fotos com pouca iluminação ficam com um pouco mais de ruído do que esperávamos, exigindo mais conhecimento e ação manual para minimizar o problema.

Por outro lado, a qualidade do foco é excepcional, especialmente no modo macro. Você vai poder captar imagens ricas em detalhes e texturas. Além disso, a G16 se mostrou muito funcional em seu modo manual, sendo recomendada para fotógrafos profissionais e amadores que estão acostumados a lidar com a linha DSLR da Canon. E quanto ao modo de arquivo para as fotos, você pode salvar o conteúdo em JPEG, RAW ou ambos.

Entre as possibilidades de uso, além do manual, temos um modo totalmente automático, um modo com vários tipos de cena, função HDR, modo de filmagem em 1080p (com botão dedicado) e duas opções de menu para você configurar como desejar. As funções da câmera estão disponíveis em português, e acessar suas configurações é simples,já que o conteúdo é bastante intuitivo. Outro ponto muito positivo desta câmera é sua rapidez: ela leva menos de 2 segundos para ligar, focar e fotografar.

Design bonito e funcional

Como já dissemos, o modo manual da G16 é muito funcional, e isso se deve a um fator fundamental: a disposição dos comandos na câmera compacta é muito semelhante à que encontramos na linha DSLR da fabricante, o que torna seu uso bastante familiar. Alterar a abertura e a velocidade do obturador é simples, já que temos botões separados para cada função.

A câmera tem um flash integrado respeitável, mas conta com uma sapata-padrão para você acoplar iluminação artificial mais potente se assim desejar. Dessa forma, você pode compensar o ruído que ela traz com baixa iluminação, combinando o uso da G16 com um flash mais potente.

Todas as possibilidades da G16 estão inseridas dentro de um aparelho compacto — medindo apenas 10,9 x 7,6 cm, com 4 cm de largura e pesando menos de 360 g — e com estilo retrô muito elegante. Ela tem um visual que lembra as câmeras rangefinder dos anos 1970 e 1980, como a Canonet e a Yashica Electro 35, e pode conquistar muitos usuários com seu charme.

Mas, como nem tudo é perfeito, alguns aspectos da G16 poderiam ser melhores. Em nossos testes, não achamos necessário ter um botão específico para alterar a exposição da imagem. Além disso, sentimos falta de um sensor de proximidade que desative a iluminação do visor LCD quando optamos por usar o visor direto. Outro ponto fraco fica por conta da ausência de um visor retrátil, o que ajudaria muito na hora de capturar diferentes ângulos.

WiFi para compartilhar rapidamente suas fotos

O modo WiFi em câmeras compactas vem se aperfeiçoando e se transformando. Atualmente, a conexão com smartphones é fundamental, para tornar o compartilhamento de imagens nas redes sociais algo ainda mais acessível. Nesse quesito, a G16 não decepciona.

Configurar a conexão sem fio é bastante simples. Tudo o que você precisa é ter o aplicativo Camera Connect, da Canon, instalado em seu dispositivo móvel. É possível enviar as imagens da câmera para o aparelho ou selecionar diretamente no aparelho o conteúdo desejado — diminuindo a qualidade da imagem se desejar. O único aspecto negativo é que as configurações WiFi mostram a possibilidade de bloqueio do acesso à câmera por senha, mas não há uma opção para cadastrar a palavra-chave.

Vale a pena?

Responder nesta análise se vale a pena ou não comprar a Canon G16 é algo relativo, já que a câmera tem características bastante específicas. Resumidamente, se você busca uma câmera compacta com recursos avançados e qualidade de imagem, a resposta é: sim, vale a pena.

A G16 tem tudo para agradar aqueles que possuem um conhecimento maior e gostam de trabalhar com ajustes manuais, mas que não pretendem utilizar um aparelho grande como uma DSLR e suas lentes. Ela pode ser indicada também para fotógrafos profissionais que desejam explorar seus recursos com um aparelho menor e mais simplificado do que aqueles que utilizam no trabalho.

A câmera tem muitas qualidades por um preço razoável, que pode variar entre R$ 1,4 mil e R$ 1,9 mil (chegando a custar menos de R$ 1,3 mil na última Black Friday). Apesar de não estar entre as compactas mais baratas, a G16 justifica seu preço com a qualidade de imagem e as possibilidades de controle. Sendo assim, pode ser a companheira perfeita para quem deseja registrar o dia a dia ou busca uma ótima e pequena companheira de viagem.