A Amazon possui um serviço de streaming de música que poucas pessoas conhecem — e muitas criticam. Trata-se de um complemento ao Amazon Prime — a assinatura da Amazon que garante algumas vantagens bem interessantes aos consumidores. Agora, a empresa está querendo melhorar este sistema de oferta de músicas para acabar com a alegria do Spotify.

De acordo com fontes ligadas à empresa, Jeff Bezos (o CEO da Amazon) estaria com planos de melhorar o seu streaming com uma aplicação autônoma, totalmente livre do Prime. O New York Post afirma que este sistema deve ser oferecido aos consumidores por cerca de US$ 10, mas não será limitado ao streaming das músicas como fazem os serviços atuais.

O grande diferencial do novo serviço da Amazon deve ser a integração com a loja digital já conhecida. Com isso, há a expectativa de que os consumidores vão poder comprar as músicas em cópias físicas com muito mais facilidade e sem costuras. Em resumo: você vai poder ouvir as canções favoritas de um artista e a apenas um clique de comprar o CD ou LP dele.

É claro que as propagandas relacionadas à loja também devem ficar muito mais direcionadas por causa do histórico. É óbvio que competir com o Spotify não é uma tarefa nada simples. Mesmo assim, vale a pena ficarmos atentos para ver quais serão os passos da Amazon neste mercado. Será que há espaço para um novo competidor?

Algum serviço ameaça a liderança do Spotify? Comente no Fórum do TecMundo