Nos últimos dias, várias empresas de tecnologia foram a público para dar informações mais transparentes sobre o acesso que o governo norte-americano teria sobre os dados dos usuários. Além da Apple e do Facebook, a Yahoo! também preparou um comunicado oficial para contar quantas contas tiveram o sigilo quebrado nos últimos seis meses.

Segundo a própria empresa, foram entre 12 mil e 13 mil pedidos que o governo dos Estados Unidos encaminhou para o Yahoo!. Entre os principais motivos alegados pelos responsáveis pelos pedidos estavam: investigação de estrangeiros, fraudes, homicídios, sequestros e investigações criminais.

O Yahoo! afirma que os pedidos da FISA (Lei de Inteligência e Vigilância de Estrangeiros) não podem ser negados, pois isso feriria a lei dos Estados Unidos. Mesmo assim, a empresa diz que pede para que o governo reconsidere a sua posição em relação ao tema. Por fim, o Yahoo! ainda afirma que irá continuar trabalhando para oferecer privacidade e segurança aos seus usuários.

Cupons de desconto TecMundo: