Desde que chegou ao mercado com um hardware extremamente poderoso a um preço mais acessível do que seus concorrentes, o Xiaomi Mi Pad acabou ganhando a atenção do público. E se você pensa que seu sucessor (que já surgiu em alguns poucos rumores) seguirá de outro jeito, saiba que está enganado: segundo rumores, a empresa deve apostar em ainda mais diferenciais para seu tablet, dessa vez trazendo tanto o Android 6.0 quanto o Windows 10.

Está bem, a estratégia da empresa não é exatamente novidade: nos últimos tempos, várias outras companhias como Micromax e ASUS investiram no dual-boot. Mas em sua grande maioria, a ideia acabou por naufragar; o motivo, na maioria das vezes, sendo a pressão da própria Google.

Hardware e acabamento Premium

Para permitir tal façanha, o Mi Pad 2 contará com um chip SoC da Intel – que recentemente trouxe suporte à tecnologia dual-boot em seus processadores. Além disso, as informações também indicam que o aparelho virá com um hardware robusto, com nada menos do que uma tela QHD de 10,1 polegadas e uma memória RAM de 4 GB. Para completar, temos também a promessa de uma câmera traseira de 13 megapixels; nada foi dito, porém, sobre a frontal.

Tanta potência assim pede um acabamento de qualidade. E a Xiaomi deve atender nossas expectativas nesse sentido, trazendo um aparelho com bordas em metal – ou mesmo um tablet feito totalmente em metal.

Precisamos lembrar, por fim, que estes são apenas rumores, com base em algo que a indústria praticamente já abandonou após uma reação negativa por parte das donas de ambos os sistemas operacionais. Logo, não tenha esperanças em ver o Xiaomi Pad 2 surgir com Windows e Android em dual-boot.

Cupons de desconto TecMundo: