Além da conversão de jogos para PC em apps do Windows e a transformação do Xbox One em um kit de desenvolvimento, o chefe da divisão do console na Microsoft, Phil Spencer, trouxe uma novidade  de impacto bem mais imediato para o mercado de games da empresa — e que tem tudo para deixar a sua experiência como jogador ainda melhor.

A partir de agora, tanto o NVIDIA G-Sync quanto o AMD Freesync (as duas tecnologias mais promissoras para monitores da atualidade) serão suportados em jogos para PC que estiverem na Windows Store. As duas tecnologias ajudam a combater efeitos como stuttering e tearing, que causam efeitos como reduzir a taxa de refresh de frames do monitor e diminuir a qualidade do conteúdo exibido na tela.

Ambas as tecnologias terão suporte habilitado a partir de maio de 2016 para os jogos que farão parte da Universal Windows Platform.

Qual tecnologia você prefere: AMD FreeSync ou NVIDIA G-Sync? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: